Últimas Notícias > Colunistas > Bárbara Veit > Reforma fiscal americana, por que não copiar?

A presidente nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, disse que somente uma decisão do Tribunal Regional Federal pela absolvição de Lula seria honesta

"O PT não vai aceitar a condenação e Lula continua sendo o candidato do partido na corrida para presidência da República", afirmou. (Foto: Reprodução)

A presidente nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, disse que somente uma decisão do TRF-4 (Tribunal Regional Federal) pela absolvição do ex-presidente Lula seria honesta. A senadora reiterou que a sentença do juiz federal Sérgio Moro não é baseada em provas. “O PT não vai aceitar a condenação e Lula continua sendo o candidato do partido na corrida para presidência da República”, afirmou.

Sem plano B

O discurso oficial é outro, mas poucos petistas acreditam que o TRF-4 vá reverter no final do mês a condenação do ex-presidente. Ainda assim, o PT descarta um plano B e aposta que o líder das pesquisas de opinião vai alcançar o prazo de registro das candidaturas em condições de disputar a eleição.

Deixe seu comentário: