Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Em evento, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, elogiou a pauta de julgamentos elaborada pela presidente do Supremo, Cármen Lúcia

Professora é condenada por desvio de verbas

A 1ª Vara Federal de Carazinho condenou uma professora de ensino básico do município de Mormaço por improbidade administrativa. Ela foi acusada de se apropriar de R$ 29 mil de verbas que seriam destinadas à escola em que atuava. A decisão foi tomada pelo juiz federal substituto Fabrício Ponte de Araújo. Cabe recurso da decisão.

Deixe seu comentário: