Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Governo brasileiro reconhece Jeanine Añez como presidente interina da Bolívia

Projeto de lei que institui a abertura oficial da colheita da noz pecã no Estado é protocolado pelo deputado Ernani Polo

Deputado Ernani Polo. (Foto: Banco de Dados/O Sul)

Foi protocolado na manhã desta quarta-feira (25), projeto de lei, de autoria do deputado estadual Ernani Polo (PP), que institui a data oficial da abertura da colheita da noz pecã no Estado. Segundo o texto, o evento deverá ocorrer anualmente, no mês de maio, de forma itinerante nos municípios que cultivam o fruto.

O deputado Ernani Polo destaca que a noz pecã é um produto com grande aceitação entre os consumidores brasileiros e o Estado possui boas condições de clima e solos para a produção do fruto, sendo o maior produtor e beneficiador de noz-pecã no Brasil.

“Há grandes espaços ainda no mercado interno para produção nacional, porque o Brasil é um grande importador dessa noz. A pecanicultura é uma alternativa promissora como fonte de renda para o agronegócio familiar pela diversificação de culturas, sendo possível sua integração sustentável a sistema agroflorestais e à pecuária. Ainda como secretario da Agricultura, lançamos o Pro Pecã, Programa Estadual de Desenvolvimento do Setor e nesta quinta feira participaremos da primeira abertura official da colheita, a ser realizado em Anta Gorda” destaca o deputado.

No Estado, existem cerca de mil produtores que cultivam 4 mil hectares em diferentes regiões. Há grandes possibilidades de expansão dessa cultura em solo gaúcho e conquista de mercado interno.