Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > A Argentina investiga se houve uma explosão no local onde o submarino desapareceu

A Promotoria de Los Angeles criou equipe especial para investigar assédios em Hollywood

Kevin Spacey se desculpou de assédio e assumiu homossexualidade. (Foto: Reprodução)

A promotora do condado de Los Angeles, no estado norte-americano da Califórnia, Jackie Lacey, anunciou a criação de uma equipe especial para avaliar e investigar os vários casos de abuso e assédio sexual em Hollywood, que vieram

à tona nas últimas semanas. Ela ressaltou, contudo, que, até o momento, não recebeu qualquer denúncia passível de ser levada à Justiça.

Por um comunicado, Jackie explicou que este grupo será formado por promotores com experiência em crimes sexuais que trabalharão em equipe para “garantir um enfoque comum na revisão legal e possível perseguição de qualquer caso que cumpra com os padrões legais e e de direito” para ser punível.

Jackie Lacey afirmou que “até o momento” não receberam nenhuma solicitação das forças de segurança para apresentar acusações e destacou que estão em comunicação permanente com os corpos policiais de Los Angeles e Beverly Hills.

O jornal Los Angeles Times afirmou que a polícia local está investigando pelo menos duas acusações de agressão sexual contra o produtor Harvey Weinstein, com base na acusação feita pela atriz Paz de la Huerta,e uma que tem o ator Ed Westwick como suposto.

No início de outubro, o jornal “The New York Times” e a revista “New Yorker” revelaram as primeiras acusações contra Weinstein, que se multiplicaram e hoje envolvem dezenas de supostas vítimas, em diferentes casos de agressão sexual

Após o escândalo, Hollywood vive uma enorme polêmica diante do surgimento de novas acusações de abuso e assédio sexual que envolvem atores como , Kevin Spacey, Louis C.K. e Ed Westwick, e cineastas como Brett Ratner e James Toback.

Spacey em tratamento

Após acusações de assédio, ator de House of Cards Kevin Spacey entrou em um programa de reabilitação para viciados em sexo, segundo o jornal britânico Daily Mail, na clínica de luxo The Meadows, no Arizona.
Spacey chegou no final da semana passada em Wickenburg, vila em que a clínica se encontra. O centro de reabilitação, considerado o melhor dos Estados Unidos, tem um valor mensal de 36 mil dólares. A instalação possui um centro fitness, piscina e áreas de relaxamento.

The Meadows é o mesmo local em que o produtor de Hollywood Harvey Weinstein, acusado de violência sexual por várias atrizes, modelos e outras profissionais da indúsitria cinematográfica, estaria recebendo tratamento.
Outras celebridades também já foram tratadas na clínica, como Tiger Woods, Kate Moss e Selena Gomez.

As acusações contra o astro começaram no dia 30 de outubro, com o depoimento do ator Anthony Rapp, de Star Trek, que alegou ter sido assediado por Spacey aos 14 anos. No mesmo dia, ele respondeu dizendo que não se lembrava do ocorrido, mas pediu desculpas. O ator ganhador do Oscar – que sempre foi muito discreto em relação à sua vida pessoal – anunciou ser homossexual em seu perfil do Twitter.

Spacey foi cortado da série House Of Cards. Após a decisão da Netflix, o ator recebeu diversas acusações de homens que faziam parte do elenco da série por agressão e abusos.

Deixe seu comentário: