Últimas Notícias > Notícias > Brasil > O PSL faz convenção neste domingo para lançar a candidatura de Bolsonaro à Presidência da República

Recuperado de lesão, o volante Edenilson voltou a treinar com bola e pode reforçar o Inter contra a Chapecoense

O titular é um dos atletas mais regulares do Colorado. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

A semana de trabalho segue intensa no Inter. Com o próximo compromisso marcado somente para a noite de segunda-feira, contra a Chapecoense no estádio Beira-Rio, o técnico Odair Hellmann vem contando com alguns dias-extras para ajustar a equipe. Para o Colorado só interessa a vitória, a fim de se aproximar da parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro, onde ocupa o décimo-sexto lugar, perigosamente próximo do Z-4.

Para o duelo contra os catarinenses (duas posições acima), válido pela sexta rodada, o Saci ganhou opções importantes no treino dessa quarta-feira no Parque Gigante. O meia D’Alessandro e o volante Edenilson, lesionados, retornaram aos trabalhos com bola e podem reforçar o escrete.

O atacante William Pottker é outro titular que volta a ficar à disposição da comissão técnica, após cumprir suspensão no Grenal do último sábado (ele havia sido expulso na derrota por 2 a 0 para o Flamengo no Rio de Janeiro, na rodada anterior).

Em campo, Odair priorizou a parte ofensiva da equipe, em um trabalho de muita intensidade, movimentação e triangulações, com forte exigência sobre as finalizações, o que acabou resultando em diversos gols durante o coletivo.

Primeiro, em uma atividade três contra três, depois, com quatro jogadores de ataque e três defendendo. Para encerrar, o grupo foi dividido em três e realizou trabalhos técnicos e táticos no gramado. O Inter segue a rotina preparatória até o domingo, véspera da partida.

Julgamento

Na manhã desta quinta-feira, D’Alessandro e Pottker serão julgados pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), no Rio de Janeiro. Eles foram denunciados por agressão física contra adversários durante o duelo contra o Flamengo, na quarta rodada do Brasileirão. Caso sejam punidos, a sentença pode chegar a 12 jogos de suspensão.

Deixe seu comentário: