Últimas Notícias > CAD1 > Criança de oito anos leva faca para escola e ameaça colega de morte em Gravataí

Reforma tributária é debatida em Pampa Debates especial de Gramado

O apresentador do Pampa Debates, Paulo Sérgio Pinto, ao lado de uma das convidadas de bancada, a procuradora Melissa Guimarães Castello, em Gramado.

Uma das discussões relevantes e atuais aos gaúchos e brasileiros pautou o Pampa Debates desta terça-feira (2): a reforma tributária. O programa da Rede Pampa, conduzido pelo comunicador e vice-presidente da empresa, Paulo Sérgio Pinto, foi transmitido diretamente da serra gaúcha, da cidade de Gramado, onde ocorreu a 18ª edição do Congresso de Direito Tributário.

Foram convidados para a tradicional bancada do programa organizadores e participantes do evento, que já tem quase duas décadas de história. Comentaram a reforma de tributos na atração o presidente da Escola Superior de Direito Tributário, Fábio Raimundi, a procuradora do RS Melissa Guimarães Castello, o diretor da Fiergs, Thômaz Nunnenkamp, e o desembargador do Tribunal de Justiça do RS, Francisco José Moesch.

Na ocasião, os presentes discutiram os pontos positivos e as dificuldades da medida, que visa alterar a forma como funciona a tributação no Brasil. Raimundi afirmou que ainda se preocupa com alguns pontos do texto, como a demora para implementação, e afirmou que “é preciso segurança do projeto”. O desembargador Moesch também salientou a preocupação que os direitos sejam respeitados e salientou que “as mudanças não vem para prejudicar o contribuinte.

O Diretor da Fiergs concordou com os colegas de bancada sobre a relevância do tema. Ele destacou a conscientização como parte do processo de adequação à reforma. “Acho que a gente tem que envolver a sociedade”, disse Nunnenkamp. Para a procuradora Melissa, eventos como o Congresso, o próprio Pampa Debates e muitos outros devem seguir ocorrendo para que o tema siga sendo debatido e esclarecido.

Deixe seu comentário: