Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > O ex-presidente Evo Morales pediu ajuda ao papa e à ONU para pacificar a Bolívia

Renato Portaluppi brinca que não quer feriado a cada vitória do Grêmio: “Se não o estado vai parar”

O técnico do Grêmio, Renato Portaluppi, com o presidente Romildo Bolzan Jr (esq.) e o vice de futebol, Duda Kroeff (dir.), em coletiva após a vitória do Grenal e do Gauchão 2019. (Rádio Grenal)

O Grêmio conquistou a taça do Campeonato Gaúcho 2019 sobre o seu maior rival: o Internacional. Depois da partida, o técnico tricolor, Renato Portaluppi, concedeu coletiva à imprensa com muito bom humor: “Não vai ter feriado amanhã, se não o estado vai parar, o Grêmio é campeão toda hora”. Renato ainda comentou arbitragem e torcidas.

Após muitas polêmicas em relação à atuação dos ábitros, tanto no Grenal do Beira-Rio quanto nesse, da Arena, o técnico gremista foi só elogios. “Hoje, sem dúvida alguma, nós temos os melhores árbitros, entre os melhores do Brasil. As finais provaram isso”, ele disse, destacando que o profissional padrão Fifa, Anderson Daronco, nem estava atuando.

Renato ainda parabenizou Odair Hellmann e a torcida do Internacional no Beira-Rio: “Fez uma belissima festa”. Ele acrescentou que a sua torcida também fez bonito, frente às tantas brigas entre organizadas registradas pelo país. “O Rio Grande do Sul deu um exemplo de torcidas”, celebrou Portaluppi. “A minha alegria é ver a torcida alegre (…) e a gente dedica a ela essa proeza”, disse ele.

Sobre o jogo do Grêmio contra o Libertad, pela Libertadores, na próxima terça-feira (23), o comandante disse ter sido boa essa vitória. “É importante esse título, dá uma moral muito grande pro jogo no Paraguai”, ressaltou, acrescentando que só focarão no compromisso seguinte na segunda-feira. “Vamos curtir muito. ‘Tô’ precisando dormir, bastante cansado”, disse o técnico.