Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Foragido é preso com submetralhadora e pistola em Cachoeirinha

Reunião de seis horas sobre entorno da Arena termina sem acordo definido

Reunião de 6h sobre obras entorno da Arena não teve acordo. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

O encontro acontecido ontem (16) para definição das obras entorno da Arena do Grêmio finalizou sem um novo acordo definido. Foram seis horas de duração e a audiência pública contou com comparência de representantes das empresas Arena Porto Alegrense, Karagounis, Abiza Empreendimentos e OAS, além de alguns membros da Prefeitura de Porto Alegre, Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE), Habitasul, Ministério Público (MP) e do Grêmio. A reunião, em seu ápice, atingiu o número de 36 participantes.

Foi apresentada na audiência a minuta de acordo para viabilização das obras por volta do estádio. No texto do MP, estavam apresentadas execuções de obras relacionadas a projetos de drenagem da área, esgoto e reassentamento de moradores da avenida A.J Renner. O prazo definido foi de 90 dias para que a empresa apresente a minuta a seu conselho. Ficou determinado, também, um prazo de 10 dias para que seja apresentado um cronograma de obras. A Karagounis já havia apresentado disponibilidades financeiras para realizar as obras em uma audiência realizada 11 de abril deste ano.

As obras no entorno do estádio gremista já tinham sido uma vez paralisadas em 2015, quando a OAS, empreiteira responsável pela construção da Arena do Grêmio, entrou em recuperação judicial.

Deixe seu comentário: