Sábado, 14 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Fair

Notícias Saiba como foi o primeiro dia de circulação dos táxis em faixas exclusivas de ônibus em Porto Alegre

Agentes orientaram motoristas nas avenidas Independência e Mostardeiro. (Foto: Gustavo Roth/PMPA)

Nesta segunda-feira, a EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) acompanhou o primeiro dia de circulação dos táxis nas faixas exclusivas do transporte coletivo em trechos da avenida Independência e rua Mostardeiro, próximas à área Central de Porto Alegre. Segundo a prefeitura, o trabalho dos agentes priorizou a orientação aos motoristas que circulam pelo local.

“Uma das condutas dos motoristas que tem nos chamado atenção na Independência é que eles não acessam a faixa exclusiva para converter à direita, o que não só pode, como deve ser feito, com sinalização adequada”, comentou o coordenador de Operação de Transporte, Adailton Maia.

“Já no que se refere ao respeito à faixa exclusiva, os motoristas estão seguindo a sinalização e priorizado o transporte público em seus deslocamentos”, acrescentou. Dados complementares sobre a os resultados da medida devem ser divulgados nos próximos dias, após a adaptação dos condutores, “para uma análise mais fiel aos resultados”, salienta a EPTC.

Como funciona

Desde essa segunda-feira, o tráfego dos táxis em todas as faixas exclusivas da cidade está autorizado pela prefeitura, em fase de testes. A exceção são as pistas da avenida Cristóvão Colombo e do sentido bairro-Centro na própria Independência (que ficam no contrafluxo).

“A prefeitura busca a agilidade nos horários de pico”, declarou o secretário Extraordinário de Mobilidade Urbana da capital gaúcha, Rodrigo Mata Tortoriello. O titular da pasta também menciona medidas já em vigor e que, segundo ele, também resultaram em maior competitividade e segurança ao serviço de táxi.

Dentre as diretrizes estão o exame toxicológico para fiscalizar os condutores, pagamento da corrida por meio de cartão de débito e crédito, ar-condicionado obrigatório, a observação dos prazos de vida útil e da vistoria para veículos novos, além da nova categoria executiva.

“As ações implantadas atraem novos passageiros, reduzem o consumo de combustíveis e a emissão de poluentes, com viagens mais rápidas nas faixas exclusivas do transporte coletivo”, prossegue Tortoriello.

Faixas já existentes

– Avenida Júlio de Castilhos (Centro Histórico);

– Rua Voluntários da Pátria (Centro Histórico);

– Avenida Cavalhada (Zona Sul);

– Avenida Nonoai (Zona Sul);

– Avenida Brasil (Zona Norte);

– Avenida Bento Gonçalves (Zona Leste);

– Avenida Assis Brasil (Zona Norte);

– Avenida Icaraí (Zona Sul),

– Avenida Ipiranga (Zona Leste);

– Rua da Conceição/Rodoviária (Centro Histórico);

– Avenidas Independência e Mostardeiro (área central).

Próximas faixas

Até o mês de março, devem ser implantadas também faixas exclusivas em outras vias urbanas de grande movimento de veículos em diferentes pontos da capital gaúcha. São elas:

– Avenida Goethe (Zona Norte);

– Rua da Conceição (sentido Bairro-Centro);

– Rua da Conceição (sentido Centro-Bairro);

– Avenida Mauá (Centro Histórico);

– Avenida João Goulart (Zona Norte);

– Avenida Loureiro da Silva (sentido túnel) (Centro Histórico);

– Avenidas Paulo Gama e Engenheiro Luiz Englert (Centro Histórico);

– Avenida Siqueira Campos (Centro Histórico);

– Avenida Ipiranga (sentido Zona Leste-Centro (2) (avenida Antônio de Carvalho até Barão do Amazonas);

– Avenida Ipiranga (sentido Zona Leste-Centro (3) (Barão do Amazonas até João Pessoa);

– Avenida Silva Só (Zona Leste),

– Avenida Azenha (Zona Sul);

– Avenida 24 de Outubro e Plínio Brasil Milano (sentido Zona Norte-Centro).

(Marcello Campos)

Voltar Todas de Notícias

Compartilhe esta notícia:

O asteroide Hígia deve ser promovido e se tornará o menor planeta-anão, dizem astrônomos
O software que espiona seu parceiro e é cada vez mais usado no Brasil. Ele permite até usar a câmera para espionar
Deixe seu comentário
Pode te interessar