Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > A rede social chinesa que já vale mais do que o Facebook e você não a conhece

Em seu último jogo no ano, o Brasil empatou em 0 a 0 com a Inglaterra no estádio de Wembley, em Londres

Apesar do domínio brasileiro, partida teve poucas chances de gol. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Em um jogo de poucos lances criativos, as Seleções de Brasil e Inglaterra empataram em 0 a 0 no famoso estádio de Wembley, em Londres. O amistoso, porém, serviu para que o técnico Tite realizasse um teste da equipe contra uma equipe forte – apesar dos desfalques – e que permaneceu na retranca durante praticamente toda a partida.

No amistoso anterior, disputado na sexta-feira, o escrete Canarinho havia batido o Japão por 3 a 1, mas desta vez não conseguiu a vitória. O Brasil dominou as ações e criou as principais chances, sem conseguir converter as jogadas em  gols. Este foi foi o último compromisso da Seleção no ano.

O jogo

A Seleção Brasileira se impôs desde o apito inicial e dominou as ações no primeiro tempo de jogo. Com uma postura ofensiva, o Brasil aplicou uma marcação adiantada e pressionou a saída de bola da Inglaterra que, por sua vez, se fechou.

Para furar o bloqueio defensivo e achar brechas na zaga inglesa, a Canarinho explorou as tabelas e infiltrações em velocidade. Apesar do domínio territorial, o gol brasileiro não saiu e as equipes foram para o intervalo zeradas.

O time voltou com a mesma intensidade e obrigou o goleiro Hart a trabalhar logo no primeiro minuto do segundo tempo. Após passe na medida de Neymar, Coutinho finalizou na saída do goleiro, que salvou com as pernas.

A pressão continuou e o Brasil ficou muito perto de balançar as redes aos 31 minutos. Fernandinho antecipou a jogada, arrancou pelo meio e soltou a bomba de fora da área, mas acertou o pé da trave. Aos 39 minutos, Neymar achou Paulinho como elemento surpresa. O meia invadiu a área e chutou forte no peito do arqueiro britânico.

Escalações

O Brasil do técnico Tite colocou em campo Alisson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos, Marcelo, Casemiro, Paulinho, Renato Augusto (Fernandinho), Neymar, Philippe Coutinho (Willian) e Gabriel Jesus (Firmino).

Já a Inglaterra, sob o comando de Gareth Southgate, escalou Hart, Gomez, Stones, Maguire, Walker, Livermore (Rose), Dier, Bertrand (Young), Loftus-Cheek (Lingard), Rashford (Abraham) e Vardy (Solanke).

Balanço

Com o empate contra a Inglaterra nessa terça-feira, em Wembley, a Seleção Brasileira fechou a temporada de 2017. O resultado encerrou um ano que foi extremamente positivo para a equipe. Ao todo, foram 11 duelos disputados no ano, incluindo o Jogo da Amizade, com a Colômbia, que contou apenas com jogadores que atuavam nos dois países.

Nesses 11 compromissos, o Brasil venceu sete, empatou três e perdeu apenas um. Foram 21 gols marcados e apenas quatro sofridos no período. O destaque do ano foi o êxito brasileiro ao assegurar o carimbo da vaga para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia.

A garantia veio no primeiro semestre, com quatro rodadas de antecedência. Depois, a Seleção ainda firmou a primeira colocação da tabela. Para o ano que vem, Tite e companhia já têm dois compromissos marcados: no dia 23 de março, em Moscou, contra os anfitriões do Mundial, e no dia 27 contra a Alemanha (algoz brasileiro de 2014), em Berlim.

Deixe seu comentário: