Últimas Notícias > Colunistas > TRF, Lula e Moro

Sem atuar profissionalmente desde janeiro de 2016, Ronaldinho prepara aposentadoria e nega candidatura ao Senado

Jogador recebeu convite para ser candidato ao Senado Federal, por Minas Gerais. (Foto: Reprodução)

Sem atuar profissionalmente desde janeiro de 2016, quando defendeu o Fluminense na Florida Cup, Ronaldinho prepara o anúncio oficial de sua aposentadoria. De acordo com o craque, a confirmação vai acontecer em 2018, quando uma série de eventos marcará o final da carreira do jogador revelado pelo Grêmio e com passagens também por PSG, Barcelona, Milan, Flamengo e Atlético-MG. As informações são do portal de notícias UOL.

Há quase dois anos fora do futebol, o jogador recebeu o convite para ser candidato ao Senado Federal, por Minas Gerais. A proposta partiu do Partido Ecológico Nacional (futuro Patriota), que deve ter Jair Bolsonaro como candidato à Presidência. Em coletiva realizada nesta terça-feira (5), em um hotel da Barra, no Rio de Janeiro, Ronaldinho descartou qualquer possibilidade de se candidatar a senador. “Sem chance, não é comigo não”, resumiu o ainda jogador, que evitou dar mais detalhes sobre o assunto.

Ronaldinho deu entrevista para falar sobre o Game of Dreams, que vai acontecer nesta sexta-feira (8), em Belo Horizonte (MG), às 16h, no Mineirão. A partida entre Amigos do Ronaldinho e Amigos do Penta vai marcar os 15 anos da conquista da Copa do Mundo de 2002, disputada na Coreia do Sul e no Japão.

A partida vai receber grandes nomes do futebol nacional, como Rivaldo, Luizão, Edmilson e Diego Souza, entre outros. Além de grandes personalidades, como Falcão, jogador de futsal, e o holandês Edgar Davids, ex-jogador de futebol. A partida que vai comemorar os 120 anos de Belo Horizonte também vai marcar o início de uma série de jogos festivos que servirão como a despedida de Ronaldinho dos gramados.

Entre os eventos planejados, o staff do jogador esperava fazer pelo menos uma partida por cada clube que R10 defendeu em quase 20 anos de carreira. Inclusive, como noticiou o UOL Esporte, a conversa com o Atlético-MG já começou. “Tem essa chance, acho que no próximo ano vou me despedir mesmo oficialmente do futebol. Tem essa possibilidade de fazer minha despedida por times que joguei. É algo a planejar para o próximo ano”, comentou Ronaldinho, que pelo clube mineiro conquistou três títulos, sendo a Copa Libertadores de 2013 a mais importante deles.

Sobre o futuro, fora do futebol profissional, Ronaldinho não deu muitos detalhes do que pretende fazer. Mas o craque já adiantou que música e franquias de escolinhas de futebol estão nos seus planos. “Estou me aposentando do futebol. Nova caminhada de projeto musical, fazendo minhas escolinhas de futebol. É algo novo, vou ter que me adaptar”, completou Ronaldinho, que nesta sexta-feira volta a jogar no Mineirão, após quase três anos de sua despedida pelo Atlético, que aconteceu em julho de 2014, na conquista da Recopa, sobre o Lanús, da Argentina.

Game of Dreams

Inicialmente pensando para ser uma despedida de Ronaldinho do Atlético, a partida Game of Dreams se transformou numa comemoração dos 120 anos de Belo Horizonte. Como a negociação com o clube mineiro não avançou, o evento foi assumido pela Organização Social Prevenir Preservar.

Além de Ronaldinho, já estão confirmados no jogo desta sexta-feira diversos jogadores campeões do mundo com a seleção brasileira, em 2002. Rivaldo, Edmílson, Denílson, Gilberto Silva, Lúcio, Vampeta e Edílson são alguns dos nomes que já confirmaram presença.

O time Amigos do Penta vai enfrentar o Amigos de Ronaldinho, que vai contar com Falcão (Futsal), Diego Souza, Luan, Leandro Donizete, Alecsandro, Richarlyson e Edigar Davids, por exemplo.

Deixe seu comentário: