Home > Notícias > Brasil > Prévia da inflação oficial do País registra a menor taxa acumulada em 12 meses desde 2007

Serra recebeu 20 milhões de reais via caixa dois, diz Joesley

Serra também teria recebido valores de forma ilícita. (Foto: EBC)

Joesley Batista, empresário da JBS, detalhou em sua delação premiada ter feito pagamento de 20 milhões de reais ao ex-ministro José Serra em 2010. Os repasses teriam sido feitos via caixa dois. Joesley disse que Serra visitou a sede da JBS, em São Paulo, e fez o pedido de ajuda para a campanha. Foi o ano em que Serra disputou a Presidência com Dilma Rousseff, perdendo no segundo turno.

Joesley relatou que, do total da doação, 6 milhões de reais foram repassados por meio de notas fiscais frias para a empresa LRC Eventos e promoções. A transação incluiu uma “falsa venda” de camarote no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Uma outra parcela, de 420 mil reais, foi feita para a empresa APPM Analista e Pesquisa, também com notas fiscais frias.

Nem todos os pagamentos foram por fora. Parte deles tem registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Joesley também detalhou os pagamentos oficiais feitos por indicação de José Serra. Quem operacionalizou os pagamentos foi uma pessoa conhecida como ” senhor Furquim”, amigo de José Serra que já teria morrido, informou o empresário.

Comentários