Últimas Notícias > Notícias > Brasil > O presidente do Supremo acaba com a trava que inibia o uso político do Conselho Nacional de Justiça

Star Wars: Episódio IX divulga elenco e terá cenas já gravadas de Carrie Fisher

Carrie Fisher, que interpretava a Princesa Leia Organa, morreu em 2016. (Foto: Divulgação)

A Disney e a LucasFilm anunciaram nesta sexta-feira (27) o elenco de “Star Wars: Episódio IX”, próximo capítulo da franquia que ainda não tem título oficial. Entre os destaques estão o retorno de Mark Hamill, que voltou a interpretar Luke Skywalker nos filmes mais recentes, e de Billy Dee Williams ao papel de Lando Calrissian.

Além dos veteranos, a atriz Carrie Fisher, que morreu em 2016, também estará presente como a general Leia Organa, através de cenas já gravadas para “O Despertar da Força” (2015). O diretor J. J. Abrams afirmou em nota o amor pela atriz.

“Encontrar uma conclusão verdadeiramente satisfatória para a saga dos Skywalker sem ela nos escapava. Jamais iríamos escalar outra pessoa, ou usar um personagem de computação gráfica”, disse o diretor.

“Com o apoio e a bênção de sua filha, Billie [Lourd]. nós encontramos uma maneira de honrar o legado de Carrie e seu papel como Leia no Episódio IX com gravações nunca exibidas que gravamos juntos no Episódio VII”, completou Abrams.

Outros retornos previstos ao elenco estão Daisy Ridley, Adam Driver, John Boyega, Oscar Isaac, Lupita Nyong’o, Domhnall Gleeson, Kelly Marie Tran, Joonas Suotamo, Billie Lourd e Anthony Daniels. A eles se juntam os atores Naomi Ackie (“Lady Macbeth”) e Richard E. Grant (“Logan”).

O compositor John Williams, responsável pela trilha de todos os episódios desde “Uma nova esperança” (1977), também estará de volta à saga.

A estreia do “Episódio IX” está prevista para dezembro de 2019, e as gravações começam em seguida, em agosto de 2018.

Fox e Disney

A Twenty-First Century Fox afirmou nesta sexta-feira (27) que seus acionistas aprovaram a compra de seus ativos de cinema e televisão pela Disney por US$ 71 bilhões. A aprovação foi dada em assembleia extraordinária em Nova York.

As ações da Fox caíam cerca de 0,3% na tarde desta sexta-feira, enquanto as ações da Disney recuavam 0,8%.

A Disney foi forçada a elevar sua oferta no mês passado após a Comcast, maior empresa de cabo dos EUA, oferecer US$ 66 bilhões pelos programas de TV bem conhecidos da Fox e franquias de filmes, incluindo “X-Men” e “Os Simpsons”.

A disputa entre a Comcast e a Disney faz parte de uma batalha maior no setor de entretenimento, já que as empresas de mídia gastam dezenas de bilhões de dólares em acordos para competir com o Netflix e a Amazon.com.

Na semana passada, a Comcast desistiu dos estúdios de cinema e televisão, redes de TV a cabo e TVs internacionais da Fox.

A oferta da Disney em dinheiro e ações recebeu aprovação dos reguladores dos Estados Unidos. Em acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a Disney, dona da rede esportiva ESPN, disse que vai se desfazer de 22 das redes esportivas regionais da Fox.

Deixe seu comentário: