Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Petrobrás faz acordo com governo uruguaio e devolverá concessão de duas empresas

Superavião de R$250 milhões de dono da Havan está parado desde a compra por falta de autorização para voar

(Foto: Reprodução/Instagram)

O dono da rede Havan, Luciano Hang, comprou uma aeronave de R$250 milhões, há três semanas. O jato executivo Bombardier Global 6000 é um dos maiores aviões particulares do mundo, mas, para que o empresário possa usá-lo, antes a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) precisa autorizar a movimentação da aeronave.

Luciano teria comprado a aeronave para facilitar a locomoção até as cidades onde pretende instalar novas unidades da Havan. No momento, o avião está parado no hangar do aeroporto de Navegantes, em Santa Catarina.

Deixe seu comentário: