Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fair

Capa – Caderno 1 Supervisão das obras na barragem Taquarembó é autorizada

Equipes realizaram fiscalização com barco da Fepam e por meio de sobrevoo, com helicóptero da Brigada Militar. (Foto: Ascom Fepam)

A Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental), visando à proteção do Rio Gravataí, informa que vem intensificando as operações de fiscalização. A intenção é coibir o lançamento de água com elevada carga de sedimentos das lavouras arrozeiras. Por isso, durante os meses de setembro e outubro, segundo a fundação, foram realizadas ações semanais para verificar a situação dos empreendimentos irrigantes licenciados pelo Estado nos municípios de Viamão, Glorinha e Gravataí.

Analistas técnicos da Divisão de Culturas Agrícolas do Departamento Agrossilvipastoril e da Divisão de Fiscalização da Fepam agiram em parceria, alertando os empreendedores para a importância do controle na liberação do esgoto doméstico, a fim de que não sejam transportados sedimentos para o rio.

No dia 24 de outubro, as equipes realizaram uma ação especial com fiscalização terrestre e aquática no leito do rio, com embarcação própria da Fepam, e por meio de sobrevoo, com apoio da Brigada Militar, que disponibilizou um helicóptero para a operação.

Foi constatado que as condições do Rio Gravataí não apresentam problemas, um indicativo de que o trabalho de orientação tem gerado resultados positivos. Algumas alterações na coloração da água foram observadas, e a situação está sendo monitorada, porém os níveis de turbidez medidos com sonda da Divisão de Laboratórios da Fepam apresentaram resultados razoáveis.

As análises de água realizadas pela Corsan (Companhia Riograndense de Saneamento), junto a um dos afluentes, o Passo dos Negros, mostra a situação sob controle no que se refere ao parâmetro turbidez.

Segundo a equipe técnica agronômica da Divisão de Culturas Agrícolas, ciente de que o cultivo de arroz em lavouras é uma atividade econômica de importância para a região, também têm sido dedicados esforços para que os licenciamentos ambientais das atividades irrigantes reflitam uma produção agrícola com bases sustentáveis em equilíbrio com o ambiente em que estão inseridas.

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Compartilhe esta notícia:

Viva o Centro a Pé visita cemitérios neste sábado
Projeção de crescimento de 2% em 2020 é real, diz ministro
Deixe seu comentário
Pode te interessar