Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Com aval da equipe médica, Bolsonaro irá à abertura da Assembleia Geral da ONU em Nova York

Suspeito de matar advogado no bairro Cidade Baixa é indiciado por latrocínio

Gabriel Pontes Fonseca foi morto no dia 26 de março na rua Rua General Lima e Silva (Foto: Reprodução/Facebook)

A Polícia Civil concluiu o inquérito que investigava a morte de um advogado no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre. Um homem de 23 anos foi indiciado por latrocínio – quando o roubo é seguido de morte. O crime ocorreu no dia 26 de março, quando Gabriel Pontes Fonseca, de 28 anos, foi atingido por dois tiros no tórax, na Rua General Lima e Silva. Ele carregava uma pasta com processos, um celular e R$ 800, mas nada foi levado na ocasião. A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital.

O suspeito está preso preventivamente desde o dia 4 de abril, quando foi encontrado no Morro da Cruz, na capital. Segundo a polícia, ele foi identificado por meio de reconhecimento pessoal e fotográfico. A investigação ouviu pelo menos 15 testemunhas e analisou 34 câmeras de segurança. Uma delas mostrava o investigado fugindo de moto. O homem foi ouvido na delegacia, mas preferiu falar em juízo.

O Ministério Público (MP) deve oferecer denúncia contra o suspeito ainda nesta semana. Segundo o MP, o investigado tem condenação por porte ilegal de arma e responde por outros dois roubos à mão armada.

Deixe seu comentário: