Enquanto o porta-voz da Presidência adota uma postura apaziguadora, as postagens nas contas de Bolsonaro seguem o mesmo tom belicoso do período da campanha

Em pouco mais de dois meses, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) consumiu parte de seu capital político para pacificar as divergências entre as duas principais forças de seu governo, que promoveram sucessivas crises e ofuscaram a viabilidade de uma agenda positiva. Em uma ponta está uma ala mais pragmática, composta...