Decreto de Bolsonaro corta mais de 13 mil cargos em universidades públicas

O decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro para extinguir cargos, funções e gratificações na administração pública atingiu em cheio a área de Educação, principalmente as universidades públicas federais. As informações são do jornal Folha de S.Paulo. Das 21 mil vagas eliminadas pelo governo, ao menos 13.710 estavam sob a guarda...

Líderes da Câmara dos Deputados querem limitar as indicações políticas no governo Bolsonaro

Líderes da Câmara dos Deputados querem que o decreto que estabelece exigências para a ocupação de cargos de confiança na administração pública federal, publicado pelo governo na segunda-feira (18), tenha validade desde 1° de janeiro. Caso o Palácio do Planalto não faça a mudança no texto, a Câmara deverá se articular...

Deputados federais rejeitam novos termos do governo para nomeações e questionam a ocupação de cargos por militares

O primeiro aceno do presidente Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional não adoçou líderes dos partidos com os quais o governo negocia apoios no Legislativo. Eles torceram o nariz para os termos que devem constar do decreto que vai nortear indicações para cargos públicos e acusam o Palácio do Planalto de...

No Congresso Nacional, o governo já oferece cargos e emendas para aprovar a reforma da Previdência

Pressionado por aliados em meio ao vácuo na articulação política , o governo decidiu na quarta-feira acelerar a liberação de emendas parlamentares e atender a indicações políticas para cargos do segundo e terceiro escalões. O recado sobre a “ansiedade de parlamentares pela participação no governo” foi levado ao presidente Jair...

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, prepara uma “faxina” em cargos de diretoria e coordenadoria da Casa controlados pelo MDB

Apesar do discurso de pacificação adotado após ser eleito presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) prepara uma “faxina” em cargos de diretoria e coordenadoria da Casa controlados pelo MDB. O alvo são servidores apadrinhados por seus antecessores – Eunício Oliveira (CE), José Sarney (AP) e Renan Calheiros (AL). As informações...

Indicados por Dilma continuam em agências reguladoras e na Comissão de Ética da Presidência da República

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro aposta em um forte discurso de “despetização”, assinando demissões em série nos cargos comissionados, alguns remanescentes do governo de Dilma Rousseff (2011-2016) não podem ser afetados pelas decisões do chefe do Executivo. Tratam-se de membros de conselhos e agências reguladoras. Ainda estão nos cargos 11 indicados...

Filiados ao PSDB estão embarcando em cargos no segundo escalão do governo

Embora o PSDB não esteja oficialmente na base do presidente Jair Bolsonaro, filiados ao partido estão embarcando em cargos do segundo escalão do governo federal. Dentre os nomes confirmados para os ministérios da Economia, Casa Civil, Cidadania e Ciência e Tecnologia, há até ex-assessores do presidente nacional da sigla, Geraldo...

O ministro-chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni começou uma “faxina” e exonerou todos os servidores com cargo de confiança

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, publicou portaria nesta quinta-feira (03) exonerando ou dispensando funcionários em cargos de confiança vinculados à pasta que assumiram as funções até o ano passado. Segundo ele, foram afastados cerca de 320 servidores, que passarão por entrevistas e análises para apontar se foram indicados nas...

O novos ministros assumem os cargos no dia seguinte à nomeação; veja a programação

Depois da posse do futuro presidente da República, Jair Bolsonaro, os ministros do novo governo devem assumir os cargos no dia 2, quarta-feira. Oficialmente, Bolsonaro faz a nomeação de todos os ministros no dia 1º, em cerimônia no Salão Nobre do Palácio do Planalto, logo depois de receber o cumprimento dos chefes de governo e de Estado....

Bebianno é confirmado como ministro da Secretaria-Geral da Presidência

O ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, confirmou nesta quarta-feira (21) o nome do advogado Gustavo Bebianno como ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência. Segundo Onyx, ele é um “homem preparado e da absoluta confiança” do presidente eleito Jair Bolsonaro. Presidente do PSL durante a campanha eleitoral, Bebianno agradeceu a indicação e...