Após série de reações dentro do Supremo, ministro Alexandre de Moraes recua e revoga a própria decisão

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), revogou na quinta-feira (18) a decisão dele próprio que censurou a revista eletrônica Crusoé e o site O Antagonista após publicarem reportagens sobre o presidente da Corte, Dias Toffoli. A decisão foi tomada depois de duras críticas de juristas, entidades do jornalismo, Ministério Público e...

O clima na relação Supremo-Lava-Jato é de bangue-bangue: ninguém confia em ninguém

A despeito da tentativa do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), de dar um freio de arrumação no episódio da censura à Crusoé, o clima na relação STF-Lava-Jato é de “saloon” de bangue-bangue: ninguém confia em ninguém. Há teorias conspiratórias para toda sorte de narrativas sobre supostos...

Mesmo após recuar de impor censura a veículos de comunicação, o Supremo segue diante de uma encruzilhada

A decisão do ministro do STF  (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes de rever a censura imposta à revista eletrônica “Crusoé” e ao site “O Antagonista”, por causa da reportagem relacionada ao presidente da Corte, Dias Toffoli, não deve encerrar a tensão nos bastidores do tribunal. Em conversas reservadas, diferentes ministros...

Entidades celebram a decisão do ministro do Supremo Alexandre de Moraes de reverter a censura contra site e revista

A decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), de revogar a censura imposta à revista "Crusoé" e ao site "O Antagonista " foi elogiada por associações e representantes na área da imprensa e militantes pela liberdade de expressão. Por meio de nota, a ANER (Associação Nacional de...

Bolsonaro parabenizou o ministro do Supremo Alexandre de Moraes por revogar censura contra site e revista

Depois de o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes revogar a censura que havia imposto à reportagem da revista Crusoé que relaciona o presidente do tribunal, ministro Dias Toffoli, à Odebrecht, o presidente Jair Bolsonaro parabenizou Moraes e afirmou que é “melhor uma imprensa às vezes capengando”...

Antes de Alexandre de Moraes voltar atrás sobre a reportagem “amigo do amigo do meu pai”, o presidente do Supremo defendeu a ordem do colega de tirar o conteúdo do ar

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, disse na quinta-feira (18), ao jornal Estado de S. Paulo que não houve “mordaça” nem “censura” na decisão do ministro Alexandre de Moraes que determinou a remoção do conteúdo jornalístico publicado pela revista digital Crusoé e pelo site O Antagonista. “Não existe...

Para entidades, o recuo do ministro Alexandre de Moraes restabelece o princípio da liberdade de imprensa

A decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), de revogar decisão dele próprio que censurou os sites da revista Crusoé e O Antagonista por causa de reportagens sobre o presidente da corte, Dias Toffoli, foi bem recebida por entidades que defendem a liberdade de imprensa. Em nota...

Alexandre Moraes revoga censura à reportagem sobre presidente do STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, revogou sua própria decisão que gerou polêmica nesta semana. Ele havia censurado uma matéria jornalística, que citava o presidente do Supremo, Dias Toffoli. Em um trecho da nova decisão, ele determinou "diante do exposto, revogo a decisão anterior que determinou...

A decisão do ministro do Supremo Alexandre de Moraes de censurar uma revista aumenta a divisão entre os ministros da Corte

A decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes de mandar a revista eletrônica Crusoé tirar do ar uma reportagem sobre o presidente da Corte, José Dias Toffoli, aumentou as críticas que os seus colegas Edson Fachin, Luís Roberto Barroso e Rosa Weber vinham fazendo, nos bastidores, ao inquérito...

O inquérito do Supremo que determinou censura a duas publicações é “escalafobético e teratológico”, disse o líder de procuradores

O presidente da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), José Robalinho Cavalcanti, classificou como "escalafobético" (fora do comum) e "teratológico" (monstruoso, anômalo) o inquérito que o STF (Supremo Tribunal Federal) abriu para apurar notícias falsas contra os ministros. Houve buscas e apreensões, inclusive na residência de um general da reserva. Uma reportagem da...