Últimas Notícias > Delação premiada (Page 22)

Filho do presidente do Tribunal de Contas da União nega que recebia informações privilegiadas

O advogado Tiago Cedraz disse na sexta-feira não ter recebido informações privilegiadas do pai, o presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), Aroldo Cedraz, após um pedido de vista de um processo cujo resultado foi favorável à construtora UTC. O dono da empreiteira, Ricardo Pessoa, afirmou, em delação premiada,...

“Sérgio Moro se acha dono do País”, diz Cunha

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), criticou os procedimentos adotados pelo juiz Sérgio Moro na delação premiada de Júlio Camargo, que acusou o peemedebista de cobrar 5 milhões de dólares em propinas. Segundo Cunha, Moro não poderia ter colhido depoimentos contra alguém que tem foro privilegiado. Ele...

Polícia suspeita que presidente do Tribunal de Contas da União tenha ajudado empreiteira

Investigadores da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal, suspeitam que o presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), ministro Aroldo Cedraz, repassou informações sobre um processo de interesse da UTC Engenharia, empresa que teria pago propina a seu filho, o advogado Tiago Cedraz. Em novembro de 2012, quando ainda não havia...

Ministro vê “vazamento seletivo” e diz que construtora UTC fez 2% das doações a Dilma

O ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, afirmou neste sábado (27), durante entrevista coletiva na sede do Ministério da Justiça, que houve "vazamento seletivo" das informações divulgadas em reportagem da edição deste fim de semana da revista "Veja". A reportagem relaciona os nomes de 18 políticos supostamente citados pelo dono da...

Odebrecht pagava propina a cada dois meses, revela ex-diretor da Petrobras no depoimento de delação premiada

A empreiteira Odebrecht pagava propina ao ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa a cada dois ou três meses, conforme ele mesmo disse no depoimento de delação premiada. Costa relatou também que os pagamentos permaneceram mesmo após sair do cargo, como forma de acertar valores de contratos firmados anteriormente. A...

Novo ministro do Supremo diz que delação premiada não pode ser considerada prova única

Às vésperas de tomar posse como ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), o advogado Luiz Edson Fachin disse que depoimentos prestados em acordo de delação premiada não podem ser considerados provas definitivas em processos, mas sim um indício de prova. Seriam necessárias, portanto, provas complementares para validar os depoimentos. Para...