O ex-ministro Geddel Vieira Lima guardava dinheiro vivo no closet da sua mãe

O ex-assessor parlamentar do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), Job Ribeiro Brandão, afirmou em depoimento à Polícia Federal e à PGR (Procuradoria-Geral da República) que dinheiro em espécie era guardado em malas e caixas no closet da mãe do parlamentar e do ex-ministro Geddel Vieira Lima. Segundo Job Brandão, a família...

Um ex-assessor de Geddel Vieira Lima disse à Polícia Federal que recebia e contava altas somas de dinheiro na casa da mãe do ex-ministro

Em depoimento à PF (Polícia Federal), o ex-assessor parlamentar Job Ribeiro Brandão contou que, com frequência, recebia dinheiro-vivo do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), atualmente preso. A entrega ocorria na casa da mãe do político. Digitais de Job, que trabalhava para o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão de Geddel,...

Geddel quer saber quem denunciou “bunker” com malas de dinheiro

O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) quer saber quem telefonou para a Polícia Federal e revelou a existência do "bunker" no qual foi encontrada a fortuna de R$ 51 milhões a ele atribuída. Numa petição entregue ao STF (Supremo Tribunal Federal), a defesa do peemedebista requer a identificação do número da...

“Eu não tinha o poder de demitir Geddel Lima da Caixa Econômica Federal”, disse o ex-presidente da instituição

Em depoimento na CPI da JBS, o ex-presidente da CEF (Caixa Econômica Federal) Jorge Hereda disse que não tinha poder para demitir o ex-vice-presidente de Pessoa Jurídica do banco entre 2011 e 2013, Geddel Vieira Lima (PMDB-BA). Ele afirma, no entanto, que nunca houve achaque no banco ou pareceres encomendados...

O ex-ministro Geddel afirmou que foi indicado em 2011 para o cargo de vice-presidente da Caixa pelo então vice-presidente Michel Temer

Em depoimento dado à PF (Polícia Federal) em julho deste ano, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) afirmou que foi indicado em 2011 para o cargo de vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa pelo então vice-presidente Michel Temer (PMDB). Geddel disse que assumiu o cargo por indicação da presidência do PMDB,...

Fachin manda soltar homem preso com Geddel no episódio dos 51 milhões de reais

O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), mandou soltar o ex-diretor-geral da Defesa Civil de Salvador Gustavo Ferraz, preso no início de setembro com o ex-ministro Geddel Vieira Lima. As digitais de Ferraz foram encontradas em notas de dinheiro, apreendidas em um apartamento em Salvador, ligado a Geddel. Na...

A Polícia Federal realiza buscas no gabinete do deputado federal Lúcio Vieira Lima, irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima

A PF (Polícia Federal) realizou, na manhã desta segunda-feira (16), buscas no gabinete do deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), na Câmara dos Deputados, em Brasília. Os agentes chegaram a interditar o acesso ao sexto andar do anexo IV, onde fica o gabinete. Lúcio é irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso após...

O ex-ministro Geddel usava apartamento funcional do irmão para combinar propina

O diretor jurídico do Grupo J&F Francisco de Assis e Silva revelou em anexo complementar de sua delação entregue à Procuradoria-Geral da República, durante negociações para fechar acordo, que o ex-ministro do Governo Temer Geddel Vieira Lima usava o apartamento funcional do irmão deputado, Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), em Brasília, para promover...

Os voos do doleiro Lúcio Funaro batem com as datas de repasses ao ex-ministro Geddel Vieira Lima

O relatório da PF (Polícia Federal) sobre o ‘Quadrilhão do PMDB’ na Câmara dos Deputados, que embasou denúncia do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, apresenta um capítulo sobre pagamentos de propinas à suposta organização criminosa do partido. Em tópico relacionado somente ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), as investigações apontam...

O Superior Tribunal de Justiça nega liberdade ao homem que foi preso com o ex-ministro Geddel no episódio dos 51 milhões de reais encontrados em um apartamento

O ministro Rogerio Schietti Cruz, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), negou pedido de habeas corpus apresentado pela defesa de Gustavo Ferraz, ex-diretor-geral da Defesa Civil de Salvador, preso dia 8 na Operação Tesouro Perdido, que descobriu 51 milhões de reais em dinheiro vivo em um apartamento no bairro da...