Equipe do ministro da Economia teme perder o apoio de Bolsonaro após crise da CPMF

A demissão do secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, preocupou membros da equipe econômica do ministro Paulo Guedes , que temem que o movimento sinalize um afrouxamento do compromisso do presidente Jair Bolsonaro com a agenda de reformas e ajuste fiscal. O ministro incumbiu-se de entregar ao presidente sinais...

Ministro da Economia assina com Argentina acordo que prevê livre comércio de automóveis daqui a 10 anos

O acordo automotivo entre Brasil e Argentina, que será anunciado nesta sexta-feira (6) pelos ministros Paulo Guedes (Economia) e Dante Sica, ministro argentino da Produção, prevê que em dez anos haverá livre comércio de carros entre os dois países. O último acordo entre Brasil e Argentina foi assinado em 2016...

Pesquisa Datafolha: Moro tem aprovação de 51% e Bolsonaro, 29%

A pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (5) mostra as taxas de aprovação dos ministros do governo Jair Bolsonaro (PSL). As perguntas foram feitas com 2.878 pessoas com 16 anos ou mais em 175 municípios brasileiros nos dias 29 e 30 de agosto. Confira os principais pontos da pesquisa: Aprovação dos ministros Sérgio Moro (Justiça...

“O Brasil tem mania de sentar em coisa pública”, diz o ministro da Economia sobre privatizações

Durante evento na capital cearense nesta quinta-feira (5), o ministro da Economia Paulo Guedes voltou a dizer que o governo pretende acelerar as privatizações. Brincou, ainda, que pretende criar um PAV, o Programa de Aceleração de Privatizações, em alusão ao PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) dos governos petistas de...

Paulo Guedes era “chucro” e Sérgio Moro “ingênuo”, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, era "chucro" politicamente e que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, era um "ingênuo" até os dois chegarem ao governo. Guedes foi citado no contexto sobre a relação do presidente com Moro, desgastada nas últimas semanas....

Bolsonaro pressiona o ministro da Economia a demitir um indicado de Sérgio Moro da chefia do Conselho de Controle de Atividades Financeiras

O ministro da Economia, Paulo Guedes, tem sido pressionado pelo entorno do presidente Jair Bolsonaro a demitir nos próximos dias o presidente do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), Roberto Leonel, aliado de Sérgio Moro, ministro da Justiça. O pedido para que Guedes encontre um substituto teria tido a anuência de Bolsonaro, segundo pessoas...

O ministro da Economia diz que o plano é vender todas as estatais federais, mas o cenário é muito difícil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira (1º) em um evento na Universidade Feevale, em Novo Hamburgo (RS), que seu plano continua ser vender todas as estatais federais, mas admitiu que esse cenário é muito difícil. Ele brincou que o fato de não conseguir sempre o que pretende,...

O ministro da Economia afirmou que pretende acelerar o processo de privatizações e defendeu o presidente Jair Bolsonaro, a quem classificou como “homem de princípios”

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou em uma palestra na Associação Comercial do Rio de Janeiro que pretende acelerar o processo de privatização e defendeu o presidente Jair Bolsonaro, a quem classificou como “homem de princípios”. “Acredito no presidente, é um homem de coragem, de determinação e de princípios morais”,...

Ministro da Economia defende capitalização na reforma da Previdência

Ao participar de uma palestra na Associação Comercial do Rio de Janeiro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu a inclusão do modelo de capitalização na reforma da Previdência. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (26). A pauta está em tramitação no Congresso Nacional e só a pasta poderá decidir...

Passadas as discussões da reforma da Previdência, o governo vai centrar esforços nas privatizações, que podem render 450 bilhões de reais para os cofres públicos

O ministro da Economia, Paulo Guedes, já está avistando a agilização das privatizações, que até o momento estão sendo feitas em uma velocidade moderada. O programa de desestatização do governo pode gerar uma quantia de até R$ 450 bilhões. Caso o governo consiga metade desse valor, já será o maior rendimento...