Últimas Notícias > medicamento
  • Um novo remédio aprovado nos Estados Unidos para tratar o câncer de bexiga é oferecido de graça em Porto Alegre

    Este é o terceiro medicamento que não é quimioterapia já aprovado nos Estados Unidos para combater o câncer de bexiga. É um medicamento imunoterápico, que estimula os glóbulos brancos a destruir o tumor. Para que este medicamento possa ser futuramente comercializado no Brasil,  um estudo clínico está sendo feito em...

    Um laboratório estrangeiro utiliza brasileiros como cobaias

    Obrigado a fornecer um medicamento de alto custo sem registro no país, o governo federal afirma ver indícios de que um laboratório estrangeiro esteja usando brasileiros como cobaias para estudos científicos. Os pacientes, por sua vez, dizem que o tratamento salva vidas. A um custo de R$ 4 milhões por ano...

    Cientistas avaliaram o medicamento número um para os problemas cardíacos

    Há dois anos, pesquisadores do Instituto de Fisiologia da Universidade de São Paulo (USP) em parceria com o Instituto de Ciência e Saúde do Estado de São Paulo decidiram avaliar se o uso do teste farmacogenético do Clopidogrel era realmente necessário para pacientes com problemas cardíacos e que tinham indicação...

    O primeiro medicamento à base de maconha aprovado no Brasil deve chegar às farmácias com preço de quase 3 mil reais

    Primeiro medicamento à base de maconha aprovado no país, o Mevatyl (Sativex no exterior) deve chegar ao mercado com preço de até R$ 2.837,40, segundo informações da reportagem. O valor, equivalente à caixa com três frascos de spray de 10 ml cada, refere-se ao preço máximo permitido para ser aplicado pelas farmácias...

    A Anvisa aprova um medicamento para a insônia inédito no Brasil

    A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou na segunda-feira o registro do Rozerem (ramelteona) comprimidos 8 mg. O novo medicamento, inédito no Brasil, é indicado para o tratamento da insônia caracterizada por dificuldade em iniciar o sono. A inovação do Rozerem está em seu mecanismo de ação. Enquanto a maioria...

    Anvisa interdita lote de medicamento para pressão alta

    A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) interditou o lote n° 6562015 do medicamento Hidroclorotiazida fabricado pela empresa Laboratório Teuto Brasileiro S/A. O lote do medicamento destinado ao tratamento de pressão alta foi interditado por conta de resultados laboratoriais insatisfatórios. Segundo o laudo de análise fiscal emitido pelo Lacen-GO (Laboratório de...

    Polícia Federal investiga compra pelo SUS de um remédio de 21 mil reais

    A PF (Polícia Federal) realizou nesta segunda-feira (8), em São Paulo, uma ação para investigar possível compra fraudulenta de medicamentos de alto custo pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos em São Paulo, na capital e no município de Campinas. Segundo as investigações, uma associação...

    Saúde do Estado reforça alerta de suspensão de contraceptivo injetável

    A SES (Secretaria da Saúde) reforçou nesta sexta-feira (21) o alerta para a suspensão do uso e venda do contraceptivo injetável Medroxiprogesterona 150 mg/ml, determinada pela nessa quinta-feira (20). Foram notificados dois casos confirmados de gravidez durante o uso dessa medicação. Também orienta as usuárias a adotar medidas de proteção complementar e procurar os...

    Supremo Tribunal Federal suspende novamente julgamento sobre remédios de alto custo

    O STF (Supremo Tribunal Federal) interrompeu nesta quarta-feira (28) mais uma vez o julgamento da validade de decisões judiciais que determinam o fornecimento de medicamentos de alto custo que não têm registro na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Desta vez, a suspensão ocorreu após pedido de vista do ministro Teori Zavascki....

    Estado deve fornecer também remédios sem registros da Anvisa, defende ministro do Supremo

    O ministro Marco Aurélio Mello alterou o voto na retomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira (28) do julgamento sobre fornecimento de remédios de alto custo pelo poder público. Em 15 de setembro, Marco Aurélio já havia votado a favor de que o poder público só deve ser obrigado a...