A Operação Lava-Jato começou a traçar o caminho do dinheiro desviado dos aposentados dos Correios até políticos do MDB

Oito meses após captar R$ 62 milhões do Postalis, o fundo de pensão dos Correios, o grupo empresarial de Arthur Pinheiro Machado efetuou sucessivas transferências bancárias para um escritório de advocacia que, segundo seu próprio dono, lavava dinheiro para o PMDB, o Calazans de Freitas Advogados Associados. Ao detectar esses...

O Supremo adiou o julgamento de uma decisão que autorizou a prisão domiciliar a Maluf

O STF (Supremo Tribunal Federal) adiou o julgamento que vai analisar decisão liminar do ministro Dias Toffoli, que concedeu, no dia 28 de março, prisão domiciliar ao deputado federal Paulo Maluf (PP-SP). Na decisão, o ministro entendeu que exames protocolados pelos advogados do deputado mostram que Maluf passa por graves...

A força-tarefa da Operação Lava-Jato reagiu e disse que o ministro Gilmar Mendes “desborda o equilíbrio”

A Lava-Jato reagiu nesta quinta-feira (12), às acusações do ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), que no Plenário da Corte, quarta (11), afirmou que "a corrupção chegou ao Ministério Público Federal". Gilmar citou o ex-procurador Marcelo Miller, envolvido no caso JBS, e também Diogo Castor, que integra a...

O Ministério Público Federal pediu investigações contra cinco ex-governadores na primeira instância

O MPF (Ministério Público Federal) pediu que investigações contra cinco governadores que deixaram o cargo recentemente saiam do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e desçam para as instâncias competentes, já que esses políticos perderam o foro privilegiado. Os pedidos envolvem inquéritos e ações penais em tramitação no STJ – muitos deles...

O Ministério Público Federal disse que o ex-assessor de Michel Temer com “reputação ilibada” e “acima de qualquer suspeita” era distribuidor do dinheiro de propinas no MDB

O MPF (Ministério Público Federal) afirmou que José Yunes, ex-assessor especial e amigo próximo do presidente Michel Temer, "advogado de reputação aparentemente ilibada" e "acima de qualquer suspeita", era "recebedor e distribuidor de propina" da organização criminosa formada por políticos do MDB e liderada pelo próprio Temer, segundo os investigadores. No...

O Supremo bloqueou 20 milhões de dólares de contas bancárias vinculadas ao ex-presidente da Transpetro na Suíça

Após pedido da Procuradoria-Geral da República, o STF (Supremo Tribunal Federal) bloqueou US$ 20 milhões de contas bancárias vinculadas ao ex-presidente da Transpetro (subsidiária da Petrobras) Sérgio Machado e de seus filhos em banco da Suíça. A informação foi dada nesta quarta-feira (04) pela PGR. Segundo a Procuradoria, a decisão do...

Foi após grampear uma conversa com advogado que o Ministério Público Federal denunciou o presidente da Fecomércio do Rio de Janeiro

Após grampear conversas do presidente da Fecomércio-RJ (Federação do Comércio do Rio de Janeiro), Orlando Diniz, com seu advogado, Rafael Valim, o MPF (Ministério Público Federal) denunciou o executivo por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB) também é acusado dos delitos. Cabral é réu...

Amigos de Michel Temer haviam sido denunciados pelo Ministério Público Federal oito dias antes de serem presos

Mais de uma semana antes de serem presos na última quinta-feira pela Operação Skala da PF (Polícia Federal), o advogado José Yunes e o coronel João Baptista Lima, amigos pessoais do presidente Michel Temer, haviam sido denunciados pelo MPF (Ministério Público Federal) por suspeita de participação em uma organização criminosa...

A Polícia Federal justificou a rapidez da operação contra amigos de Temer devido ao risco concreto de destruição de provas

A PF (Polícia Federal) afirmou ao ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), que era necessário velocidade na operação deflagrada na quinta-feira porque existiria "risco concreto de destruição de provas" devido à cobertura na imprensa do andamento do inquérito sobre o presidente Michel Temer (PMDB). A rapidez na deflagração...

O ministro do Supremo Luís Roberto Barroso determinou que a Polícia Federal fosse discreta sobre a operação que prendeu aliados de Michel Temer

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou que a PF (Polícia Federal) conduzisse de forma discreta a operação que prendeu temporariamente, nessa quinta-feira, o empresário e advogado José Yunes, ex-assessor do presidente Michel Temer. Ao assinar a medida, o magistrado exigiu que os agentes evitassem "a...