• O juiz mais ameaçado do país vai se aposentar e pode perder escolta

    O juiz federal Odilon de Oliveira destranca uma gaveta de documentos sigilosos e retira um livro de capa dura preta, com letras douradas. O ar-condicionado congelante de sua sala ameniza os 37 graus de temperatura em Campo Grande (MS) naquela tarde de sexta-feira. No calhamaço de quase 300 páginas, escrito e...