O presidente do Supremo fez 73 voos em aviões da FAB em menos de um ano

O ministro Dias Toffoli fez ao menos 73 voos em aviões da FAB (Força Aérea Brasileira) desde que assumiu a presidência do STF (Supremo Tribunal Federal), em setembro de 2018. Em igual período no cargo, sua antecessora, Cármen Lúcia, viajou 30 vezes. Uma das últimas viagens dele em aeronave da FAB...

“Decisão do presidente do Supremo atinge quase todas as investigações de lavagem de dinheiro”, diz coordenador da Operação Lava-Jato no Rio

O procurador da República Eduardo El Hage, coordenador da força-tarefa da Operação Lava-Jato no Rio de Janeiro, afirmou na terça-feira (16) que a decisão do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, de suspender processos e investigações em que houve compartilhamento de informações fiscais por órgãos administrativos ao Ministério...

O Brasil pode receber uma punição internacional por causa da decisão do presidente do Supremo que favoreceu Flávio Bolsonaro, avalia o Ministério Público Federal

O Brasil pode ser punido internacionalmente em razão da decisão do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, de suspender processos judiciais que utilizam dados bancários compartilhados sem autorização prévia da Justiça. Esta é a interpretação de integrantes do MPF (Ministério Público Federal) que vêm acompanhando de perto os...

Decisão do presidente do Supremo é vista com “preocupação” por Raquel Dodge, diz a Procuradoria-Geral da República

A decisão do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, de suspender processos judiciais que utilizaram dados bancários e fiscais sem autorização judicial prévia é vista com "preocupação" pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, de acordo com nota divulgada nesta quarta-feira (17), pela PGR (Procuradoria-Geral da República). Segundo o...

A intenção do presidente Bolsonaro de ressuscitar o voto impresso nas eleições do País deve esbarrar no Supremo

A intenção do presidente Jair Bolsonaro de ressuscitar o voto impresso nas eleições do País deve esbarrar no STF (Supremo Tribunal Federal). Em junho do ano passado, por oito votos a dois, o plenário da Corte suspendeu o trecho da minirreforma eleitoral , aprovada pelo Congresso em 2015, que determinava...

Saiba quem são os evangélicos cotados para assumir vaga de ministro no Supremo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na quarta-feira (10), que pretende indicar um nome “terrivelmente evangélico” para uma das duas vagas a que terá que indicar para o STF (Supremo Tribunal Federal) durante seu mandato. “O Estado é laico, mas nós somos cristãos”, afirmou o presidente durante culto promovido pela Frente Parlamentar Evangélica na Câmara...

A indicação de ministros do Supremo é de livre escolha do presidente da República; entenda como funciona

A Constituição Federal, que define os critérios para escolha de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) pelo presidente da República, não prevê a religião como um desses critérios. Mas isso não impede que esse e outros fatores sejam levados em consideração pelo presidente ao definir um nome para uma vaga...

O advogado-geral da União é favorito à indicação evangélica de Bolsonaro para ministro do Supremo

A lista de evangélicos que poderiam ser indicados pelo presidente Jair Bolsonaro para o STF (Supremo Tribunal Federal) é encabeçada, atualmente, pelo advogado-geral da União, André Mendonça. Ele tem o apoio de parte da bancada religiosa no Congresso Nacional. Mendonça também tem recebido elogios de ministros do STF, que se surpreenderam...

Bolsonaro diz que indicará para uma vaga no Supremo um ministro “terrivelmente evangélico”

Em um culto realizado na Câmara dos Deputados, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (10) que indicará para uma das vagas no STF (Supremo Tribunal Federal) um nome "terrivelmente evangélico". Na cerimônia promovida pela bancada evangélica, na qual recebeu bênção do bispo licenciado da Universal Marcos Pereira (PRB-SP), o presidente lembrou que o Estado...

“Quero garantir que a Lava-Jato vai continuar”, diz o ministro Luiz Fux, do Supremo

"Quero garantir que a Lava-Jato vai continuar. E essa palavra não é de um brasileiro, é de alguém que assume a presidência do STF (Supremo Tribunal Federal) no ano que vem, podem me cobrar." A declaração foi dada pelo ministro Luiz Fux, do STF, em evento da Expert XP 2019...