Um ex-gerente da empreiteira Delta declarou à Justiça ter destinado cerca de 24 milhões de reais em propina por obras em São Paulo na gestão de José Serra

Cerca de R$ 24 milhões em propina foram destinados ao ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, em razão das obras de ampliação da marginal Tietê em 2009, segundo declarou à Justiça um ex-gerente da empreiteira Delta. Os repasses, segundo ele, ocorreram tanto antes da licitação como...