Investigação de escândalo da Fifa revela agora conexão com tribunal em Miami

Na crescente investigação da Justiça americana sobre um esquema de suborno na Fifa (entidade máxima do futebol), os acusados são executivos de marketing e autoridades do futebol da América do Sul e Central. Mas um capítulo importante no desenvolvimento do esquema ocorreu nos tribunais dos Estados Unidos, onde vários dos...

Empresário brasileiro dono de empresa de marketing, José Wawilla confessa suborno a membros da Fifa e Conmebol

O empresário brasileiro José Hawilla, dono da empresa de marketing esportivo Traffic, confessou à Justiça norte-americana que, desde 1991, tem a prática de pagar propinas por contratos de direitos de transmissão de competições oficiais. Réu confesso no processo sobre corrupção no futebol, Hawilla afirmou ter consciência de que a prática...

Pivô do escândalo da Fifa diz a juiz que se arrepende de pagar propinas

O empresário brasileiro de marketing esportivo José Hawilla, que fechou acordo de cooperação com a Justiça dos Estados Unidos sobre a corrupção no futebol, disse a um juiz que sabia que era errado pagar suborno, mas que fez isso regularmente pelo menos desde 1991, de acordo com documentos judiciais. “Eu...

Ricardo Teixeira admite ser alvo de apuração nos Estados Unidos

O ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) Ricardo Teixeira afirmou em entrevista ao portal Terra que é alvo da investigação do FBI (polícia federal norte-americana) que prendeu dirigentes acusados de corrupção no futebol. O cartola, que deixou a entidade em 2012, se diz vítima de “mentiras” do empresário J....

Americano pode ser uma ameaça na investigação ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol

Um dos principais executivos da Traffic negocia uma delação premiada com a Justiça norte-americana, em uma iniciativa que pode colocar em risco a posição do presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Marco Polo Del Nero e o ex-dirigente Ricardo Teixeira. Uma carta obtida pelo jornal O Estado de S....

Brasileiro é o único foragido em caso de corrupção na Fifa

Prófugos da Justiça dos EUA, os empresários argentinos Hugo e Mariano Jinkis se entregaram na madrugada dessa quinta-feira, em Buenos Aires. Com a rendição, 13 dos 14 indiciados por envolvimento no esquema de corrupção na Fifa já foram presos ou detidos temporariamente. O único ainda foragido é o argentino naturalizado brasileiro...

Conmebol vai romper contrato com empresa que explora Copa América

Denunciada pela Justiça dos EUA por pagar propina para dirigentes, a empresa uruguaia Datisa terá o contrato para explorar a Copa América rompido pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol). A informação foi revelada na tarde dessa terça pelo tesoureiro da entidade, o boliviano Carlos Chávez, que também preside a federação do...

Empresário brasileiro envolvido no escândalo da Fifa gravava e entregava ao FBI suas conversas telefônicas com o ex-presidente da CBF

Um dos principais pivôs da investigação sobre a Fifa (entidade máxima do futebol), o empresário paulista José Hawilla colabora com o FBI (polícia federal norte-americana) desde o fim de 2013. A partir daí, ele passou a usar grampo em conversas com envolvidos em esquemas de pagamento de propina e lavagem...

Hawilla tem negócios em Rio Preto, que vão de TV a condomínio de luxo

Colaborador da investigação norte-americana sobre a Fifa, o empresário José Hawilla, 71 anos, provavelmente encerrou sua atuação no futebol ao incriminar a cúpula da CBF e outros em troca de uma punição mais branda. Mas, caso seja autorizado um dia pela Justiça dos EUA a deixar o país, ele poderá encontrar...

Pressão da Receita Federal dos Estados Unidos foi o que levou o dono da Traffic a confessar crimes

Um dos pivôs da investigação do FBI (polícia federal norte-americana) que levou à prisão sete dirigentes da Fifa (entidade máxima do futebol), o empresário José Hawilla, 71 anos, aceitou fazer delação premiada por sentir-se pressionado pelo fisco dos EUA. Com a iniciativa, livrou-se do risco de prisão imediata. Ele é...