Templo Satânico é reconhecido como igreja nos Estados Unidos

(Foto: Reprodução/Instagram thesatanictemple)

O governo dos Estados Unidos reconheceu, de forma oficial, a organização The Satanic Temple (O Templo Satânico) como uma instituição religiosa.

Porém, diferente do que se imagina, o grupo afirma que não realiza rituais macabros ou sacrifícios humanos como os filmes sempre mostraram, e sim prega o igualitarismo, justiça social e a separação das religiões com o Estado.

Eles ainda possuem 20 escritórios espalhados pelos Estados Unidos que desenvolvem cursos sobre ciências, arte e história para crianças. Inusitado não?

De acordo com o porta voz da igreja, eles seguem a ideia de se “rebelar” contra as autoridades assim como Lúcifer teria feito no céu.

“De forma similar, nós desafiamos a autoridade intolerante na política, na sociedade e na cultura e somos marginalizados por isso. Além disso, recebemos ameaças de morte pela simples associação com o nome“, ele diz.

Com o reconhecimento, passa a se tornar preconceito religioso alguém ser discriminado por se dizer satanista nos Estados Unidos, e de acordo com os líderes da organização, cria um novo meio de propagar as ideias que sempre foram deturpadas sobre a religião.