Últimas Notícias > Notícias > Geral > Juiz determina soltura de assassino e alega se basear em decisão do Supremo

Toinho Melodia lança o álbum “Paulibucano”

O músico Toinho Melodia. (Foto: Divulgação)

Toinho Melodia acaba de lançar seu primeiro disco, “Paulibucano”. Por meio de 13 faixas, álbum narra, de maneira quase autobiográfica, a trajetória do menino negro que deixa a periferia de Pernambuco, mais especificamente Recife, e vai , em busca de uma vida melhor – morar na maior cidade do País. Em São Paulo, entre as tardes e noites na Vila Maria, Peruche e Vai-Vai, torna-se compositor e entende seu caminho artístico entre os bambas do samba.

Carregado de particularidades dessas duas regiões brasileiras, evidentes no neologismo adotado para o título do projeto, trabalho traz a narrativa dos cordelistas, com sotaques e melodias nordestinas, além da malandragem tipicamente urbana e paulistana, passeando pelo xote, samba de terreiro, parceiros, lugares e memórias.

Gravado nos estúdios Casa da Lua, Centro Universitário Belas Artes e Medusa, o álbum conta com arranjos do maestro Edson Alves e foi idealizado por Rodolfo Gomes, líder do Conjunto Picafumo, grupo que acompanha Toinho há mais de 5 anos. Rodolfo também assina a produção musical, ao lado de André Santos e Gabriel Spazziani.

Abrindo os caminhos, “Referência” é um tributo aos baluartes do samba de São Paulo, como Toniquinho Batuqueiro e Jangada, principais influências musicais do artista. Em seguida, “Traste”. Composta por Talismã., essa é a única música que Toinho Melodia não assina a composição.

Embaladas por zabumba, triângulo, sanfona, viola e rabeca, “Aboio” e “Siri de lá” fazem uma viagem pela cultura nordestina, destacando a figura do boiadeiro e a rica culinária regional. Lançado de maneira independente,“Paulibucano” já está disponível em todas as plataformas digitais.