Últimas Notícias > Notícias > Brasil > O ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno, disse que “quando acabar” a sua participação no governo, e “se sentir vontade”, vai “dar satisfações”