Últimas Notícias > Atividades Empresariais > Tânia Costa é a nova embaixadora do LIDE RS na Serra Gaúcha

Um caçador de tesouros disse ter achado “nave alien” no Triângulo das Bermudas

O achado "alienígena" parece ser uma "nave de batalha" com canhões. (Foto: Reprodução)

Um caçador de tesouros disse ter feito uma descoberta estarrecedora nas profundezas do Triângulo das Bermudas. Darrell Miklos usou mapas secretos feitos por um antigo astronauta da Nasa (a agência espacial americana) para chegar ao que ele diz acreditar ser uma “nave alien”. Segundo Miklos, a estrutura achada no fundo do mar pode mudar totalmente a forma como encaramos a nossa visão do Universo.

Acostumado a encontrar navios antigos afundados, Miklos comentou, em um programa do “Discovery Channel”, que a “espaçonave” tem 15 incomuns “protuberâncias”, detalhes que ele garante “nunca ter visto antes”.

“Também era algo totalmente diferente de qualquer coisa feita pela natureza que eu já tenha visto”, disse Miklos ao “Daily Mail”. O “endereço” da “nave ET” foi traçado em 1960 por Gordon Cooper. Analisando os mapas e fazendo as explorações iniciais, Miklos detectou mais de 100 anomalias magnéticas nas águas profundas do Caribe.

Miklos disse que Cooper lhe deu os mapas depois de ser diagnosticado com mal de Parkinson, doença que o matou em 2004, aos 77 anos. Os mapas de Cooper também indicam a localização de navios que poderiam conter tesouros.

O achado “alienígena” parece ser uma “nave de batalha” com canhões. Segundo Miklos, os mergulhadores que chegaram até ao local, disseram que a estrutura não tem qualquer sinal de ter sido feita por humanos. O fato de a “nave” estar coberta de espessa camada de corais, continuou o explorador, indica que ela “estacionou” no fundo do oceano há centenas de anos – ou talvez milhares.

Saiba mais

Os extraterrestres existem ou não? Esta é uma pergunta que se mantém ao longo de séculos e à qual não faltam teorias de conspiração. Tanto que o Canal História (The History Channel) vai dedicar uma programação só a este tema entre 20 e 25 de agosto. Todos os dias, a partir das 23h25min, vão ser exibidos vários documentários que tentam explicar alguns dos maiores mistérios da Humanidade — que poderão ter alguma coisa a ver com aliens.

Em 20 de agosto, pode assistir a “Os Códigos Proibidos de Da Vinci”, que defende que existem mensagens escondidas nas obras de Leonardo Da Vinci, assim como de outras obras de arte de diferentes períodos da História, que podem revelar uma influência extraterrestre. Na terça-feira, dia 21, pode ver “Os Protocolos Alienígenas”, que se centra num estranho objeto em forma circular que entrou no nosso sistema solar e levou alguns astrônomos a sugerir que se tratava de uma nave extraterrestre.

A 22 de agosto, quarta-feira, é a vez de ser transmitido “Os Buracos Negros da Terra”, um episódio que se dedica a vários desaparecimento estranhos e fenômenos inexplicáveis. A 23 de agosto, quinta-feira, pode assistir a “Os Códigos do Deserto”, que interpreta os desenhos ancestrais encontrados no solo do deserto.

Sexta-feira, 24, é a vez de se falar da famosa “Área 51”, num documentário com o mesmo título. A maratona de episódios termina dia 25, no sábado, com “História”, que partilha um novo ponto de vista e inclui provas e teorias que prometem mudar o pensamento.

Deixe seu comentário: