Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Fair

| Um dos principais eventos de cultura no País, a Feira do Livro de Porto Alegre tem mais uma edição até o dia 17

Evento na Praça da Alfândega prosseguirá até o dia 17. (Foto: Divulgação/CRL)

Após passar por uma obras de revitalização no mês passado, a Praça da Alfândega (Centro Histórico) recebe a partir desta sexta-feira a 65ª Feira do Livro de Porto Alegre, um dos mais famosos eventos culturais do País. A programação prosseguirá até o dia 17, com mais de 2 mil autores gaúchos, ao menos 600 sessões de autógrafos e mais de 500 encontros, debates e outras atividades.

A patrona desta edição é a escritora, professora e contadora de histórias Marô Barbieri, escolhida pela CRL (Câmara Riograndense do Livro), organizadora da Feira, que neste ano tem como slogan “A curiosidade que nos move”. Esta é a quarta vez consecutiva em que uma mulher exerce a função.

Com abertura oficial a partir das 18h30min, nos demais dias as bancas estarão abertas das 9h30min às 20h30min (segmento infantojuvenil) e do meio-dia às 20h30min (demais setores). Já aos sábados e domingos o funcionamento começa às 10h.

“Sob o viés da diversidade, a programação para o público adulto vai oferecer seminários, encontros, debates, oficinas com os mais variados temas, trazendo escritores e pensadores brasileiros e estrangeiros para lançar seus livros e refletir sobre o nosso tempo”, destaca o site da CRL.

Prefeitura

Além das bancas ocupadas por livrarias e associações, a Feira do Livro conta com estandes do governo do Estado e prefeitura da capital gaúcha. Esta última estará representada pela SMC (Secretaria Municipal da Cultura), com venda de livros e outras atividades desenvolvidas.

Ali o público encontrará mais de 45 títulos à venda por preços acessíveis. Dentre eles estão “Almanaque do Lupi”, biografia sobre o maior compositor popular gaúcho, escrita pelo jornalista e pesquisador Marcello Campos, de “O Sul”.

O local também será ponto de encontro e de partida de dois passeios orientados. O primeiro está previsto para o sábado da semana que vem, com o tema “Mapa Literário de Porto Alegre”, e o segundo será no fim de semana seguinte, quando os participantes conhecerão o Museu de Percurso do Negro.

Próximos dias

Já para este sábado, a agenda promete diversas atividades. Às 13h, a Companhia Jovem de Dança promoverá um “Flash Mob”, ao mesmo tempo em que a Coordenação da Memória apresentará dados, fatos e curiosidades sobre o patrimônio cultural de Porto Alegre.

No domingo, a Secretaria de Educação apresenta o projeto “Livro Andarilho”. Em destaque, atividades de leitura e distribuição de livros, juntamente com a Oficina de Educação Musical para Crianças. Tudo isso, é claro, em meio às tradicionais sessões de autógrafos, quando os leitores prestigiam lançamentos de livros de autores novatos, experientes ou veteranos.

Na segunda-feira, será apresentado um vídeo institucional do projeto de revitalização do chamado “Trecho 3” da Orla do Guaíba. No dia seguinte, haverá distribuição de folders com informações turísticas.

A quarta-feira, por sua vez, foi escolhida pela companhia Carris para divulgar serviços como o sistema de GPS instalado em 100% dos ônibus de sua frota – o cliente pode conferir em tempo real o prazo de chegada do coletivo no ponto em que se encontra. O espaço contará ainda com peças do acervo histórico dos 147 anos da Carris, que operava os antigos bondes da Capital.

Na quinta-feira, o Estande Institucional da prefeitura servirá de ponto-de-encontro para idosos, com atrativos como um bate-papo com música e leitura de poemas conhecidos. Na sexta, uma ação-conjunta entre as secretarias municipais de Educação e da Cultura apresentam o projeto “Livro Andarilho”, com leitura e distribuição de livros. Também será realizada uma oficina com demonstrações da técnica de produção de papel artesanal.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário
Pode te interessar