Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Caminhoneiros se reúnem com ministro da Infraestrutura



Um evento reúne especialistas para discutir o polêmico projeto de instalação de uma mina de carvão a céu aberto na Região Metropolitana de Porto Alegre

Área está localizada próximo aos municípios de Charqueadas e Eldorado do Sul. (Foto: Divulgação/Copelmi(

A polêmica envolvendo o projeto de instalação de uma mina a céu aberto para extração de carvão mineral, areia e cascalho em uma área entre os municípios de Eldorado do Sul e Charqueadas (Região Metropolitana de Porto Alegre) é tema de debate entre especialistas no Foro Regional do bairro Tristeza (Zona Sul). O encontro está marcado para as 17h desta terça-feira.

Coordenado pelos juízes de Direito Karla Aveline e Roberto Lorea, supervisores do Foro, o evento faz parte de uma série intitulada “Diversidade na Tristeza, Judiciário de Portas Abertas”, que já teve outras quatro edições. O foco são temas que convidam a comunidade a pensar e discutir temas da atualidade. Desta vez, o título é “Aqui e Agora – Como Chegar ao Século 22?”.

Dentre os convidados estão o advogado ambientalista Marcelo Mossmann, a socióloga Camila Prates, pesquisadora da UFPel (Universidade Federal de Pelotas) e o também sociólogo Felipe Vargas, professor do programa de pós-graduação em Desenvolvimento Rural da mesma instituição.

Participam, ainda, Adeles Bordin, representante do Assentamento Apolônio de Carvalho, Eduardo Raguse Quadros, da AMA (Associação Amigos do Meio AmbienteA); Marcelo Souza, do CCM (Comitê de Combate à Megamineração) e Marcos Todt, da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal do Rio Grande do Sul.

Já a mediação ficará a cargo da pesquisadora Michele Martins Ramos, do MAM (Movimento pela Soberania Popular na Mineração).

Exposição

Antes do debate, será inaugurada a exposição fotográfica coletiva “Natureza Por Um Fio”, com imagens que mostram as riquezas naturais do Rio Grande do Sul. Em destaque, trabalhos assinados por Gutemberg Ostemberg, Hilton Lebarbenchon, João Paulo Lucena, Maria Clara Adams e Rodrigo Baleia.

(Marcello Campos)

Deixe seu comentário: