Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Inter estreia com goleada no Brasileirão Feminino

Um homem fez uma refém no aeroporto de Guarulhos. O Grupo de Ações Especiais foi acionado para a negociação que durou cerca de duas horas

Grupo de Ações Táticas Especiais se posiciona em sala onde homem fez funcionária refém. (Foto: Reprodução/TV)

Uma jovem de 23 anos foi mantida refém por cerca de duas horas, na noite de domingo (13), dentro de uma sala comercial da Anac (Agência Nacional de Aviação) no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo. Leandro Evangelista Ferreira, de 31 anos, rendeu a funcionária do órgão, Jéssica Alana, com uma faca por volta das 22h30min.

De acordo com a PM (Polícia Militar), o rapaz estava alterado e dizendo palavras desconexas. Inicialmente ele entrou no local para fazer uma reclamação, mas, em seguida, rendeu a vítima armado com uma faca. Houve tumulto no local.

Os policiais relataram que a jovem ainda conseguiu enviar uma mensagem de texto para o marido dizendo que era mantida refém. Agentes da 3ª Deatur (Delegacia Especializada ao Turista), que ficam no mesmo corredor, seguiram para o local. A Polícia Militar também foi acionada.

Por se tratar de uma ocorrência envolvendo refém, soldados do Gate (Grupo de Ações Especiais) foram acionados para negociar com o suspeito, que acabou se entregando por volta da 0h30min desta segunda-feira (14). Ele foi conduzido à 3ª Deatur para ser autuado em flagrante. Segundo a Polícia Militar, Ferreira já estava circulando pelo aeroporto fazia três dias e chegou, inclusive, a receber atendimento médico. O rapaz dizia que estava sendo perseguido.

Motorista de aplicativo

Um motorista de aplicativo foi mantido refém por dois assaltantes menores de idade em Santos, no Litoral de São Paulo. A Polícia Militar conseguiu deter a dupla de criminosos e libertar o motorista. De acordo com informações da Polícia Militar, o motorista do aplicativo contou que, no domingo (13), recebeu um chamado na Vila Margarida, em São Vicente. Os passageiros entraram no veículo e determinaram que o motorista fosse até Santos, pois lá realizariam um roubo a uma motocicleta.

Os policiais militares da Operação Verão, que realizavam policiamento próximo a Praça das Bandeiras, no bairro do Gonzaga, avistaram o veículo que veio em direção a equipe. Ele pediram que o motorista parasse o carro. Os policiais abordaram os integrantes do veículo e identificaram que se tratava de um crime. A dupla estava com um simulacro de arma de fogo utilizado para intimidar o motorista do aplicativo.

Os dois menores foram apreendidos em flagrante, permanecendo a disposição da Justiça, sendo também apreendido o simulacro de arma de fogo utilizado na ação. A ocorrência foi apresentada na Central de Polícia Judiciária.

EUA

Uma adolescente de 13 anos, Jayme Closs, foi aclamada como “heroína” nos Estados Unidos, após escapar de um homem que matou seus pais e a manteve como refém por 88 dias. Seu suposto sequestrador, Jake Thomas Patterson, de 21 anos, foi preso logo após a jovem fugir, e responderá por sequestro e duplo homicídio, segundo a polícia.

Jayme Closs foi encontrada na semana passada a cerca de 100 km ao Norte do povoado de Barron, onde vivia com seus pais, na zona rural do Wisconsin, na região dos Grandes Lagos. A polícia acredita que Patterson planejou o sequestro da adolescente, que seria seu “único objetivo”.

No dia 15 de outubro de 2018, James Closs, de 56 anos, e sua mulher, Denise, de 46, foram mortos em casa e sua filha Jayme desapareceu, recordou o xerife de Barron, Chris Fitzgerald. A polícia e os habitantes do Estado do Wisconsin iniciaram então a busca por Jayme, mas os esforços não deram resultado e já não havia mais esperança de encontrá-la com vida.

Deixe seu comentário: