Home > Notícias > Brasil > A procuradoria-geral da República deve apresentar, até segunda-feira, denuncia contra o presidente Michel Temer ao Supremo pelo crime de corrupção passiva

Um monge budista é preso na Tailândia com droga comemorando em um motel o Dia dos Namorados americano

Casal após a batida policial no quarto em motel. (Foto: Reprodução)

Um monge budista foi preso, na terça-feira (14), em um motel no distrito de Muang (Tailândia) comemorando o Valentine’s Day – Dia dos Namorados em vários países – com uma jovem, que também acabou detida. A polícia encontrou droga com o casal.

Soldados e policiais que patrulhavam a região para identificar comportamentos incompatíveis viram dentro de um carro, estacionado na frente de um quarto de motel, uma túnica religiosa e uma bolsa.

Ao baterem à porta, os agentes e os soldados se depararam com o monge, identificado como Wutthichai Promma, e sua acompanhante, uma jovem de 19 anos. Não tardou para encontrarem metanfetamina no quarto.

Wutthichai foi expulso do mosteiro budista ao qual servia. O monge (agora ex) disse que fora a primeira vez que agia daquela maneira. (AG)

Comentários