Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Fair

Capa – Caderno 1 Agência bancária da capital está aberta na manhã de hoje para orientações financeiras gratuitas

Funcionários estarão das 9h ao meio-dia na unidade do bairro Bom Fim. (Foto: Reprodução)

Por meio de um programa de voluntariado, funcionários do banco Santander em 25 cidades brasileiras oferecem neste sábado orientação financeira para qualquer interessado em orientações sobre investimentos e organização de contas. Em Porto Alegre, a agência escolhida é a do bairro Bom Fim.

A unidade está localizada na avenida Osvaldo Aranha nº 1.220 e prestará o serviço das 9h ao meio-dia. De acordo com a empresa, a iniciativa se repetirá durante todos os sábados até o final do mês de junho. Não haverá atendimento comercial.

Até o momento, mais de 1,2 mil funcionários do banco se inscreveram para participar do programa. Eles contribuem com palestras, assessoramento individual e coordenar de atividades voltadas para a educação financeira. O atendimento ao público é feito por ordem de chegada.

Os voluntários, que não necessariamente atuam no dia-a-dia da rede comercial, passaram por uma formação para aprimorar suas competências e garantir a qualidade da experiência do público atendido. Quem visitar as agências também receberá indicações de ferramentas e cursos on-line sobre os temas abordados.

Relevância

A iniciativa nasceu de uma proposta do presidente do Santander Brasil, Sérgio Rial, que divulgou a intenção do Banco de ceder a estrutura das agências para os voluntários em um vídeo-manifesto. “Educação financeira é valorizar o que se tem, seja pouco ou seja muito”, ressalta. “É cuidar, é aprender, é ter disciplina. E criar confiança para dizer não.”

Ainda segundo ele, essa reflexão é importante no Brasil atual. “Ainda somos 12 milhões de desempregados e 63 milhões de pessoas que ainda tem alguma dívida atrasada”, salientou em mensagem nas redes sociais.

Segundo a executiva responsável pelo setor de Sustentabilidade do Santander, Karine Bueno, o programa pode crescer e se consolidar como uma prática da empresa: “A educação financeira ainda é uma lacuna no Brasil. Existem iniciativas importantes, como a Estratégia Nacional de Educação Financeira, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido por toda a sociedade. Nossos funcionários compreenderam a importância de fazer parte dessa mobilização”.

Em fevereiro, o Banco lançou uma ferramenta on-line de educação financeira gratuita para seus clientes, o “Santander ON”. O serviço oferece uma radiografia de todos os compromissos financeiros do correntista, e alerta para eventuais pendências na Receita Federal, Serasa e Banco Central.

Com interface amigável, a plataforma indica o caminho para a resolução rápida em caso de restrição ao CPF. Conforme a situação, o banco poderá até mesmo oferecer uma linha de crédito para permitir a quitação da dívida pendente.

(Marcello Campos)

Todas de Capa – Caderno 1

Compartilhe esta notícia:

Nicolás Maduro exige que os Estados Unidos protejam a embaixada venezuelana em Washington
EPTC prepara esquema de trânsito para jogo Grêmio x Fluminense
Deixe seu comentário
Pode te interessar