Últimas Notícias > Esporte > Pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores, o Inter perdeu por 2 a 0 para o Flamengo no Maracanã

Polícia Civil desarticula quadrilha envolvida em sequestro e assaltos na Região Metropolitana de Porto Alegre e Litoral Norte

Força-tarefa capturou ao menos 12 homens em seis cidades gaúchas. (Foto: Jorge Felipe/Polícia Civil)

Ao menos 12 homens foram presos na manhã dessa quinta-feira pela Operação Contundência, deflagrada pelo Deic (Departamento de Investigações Criminais) em Porto Alegre, Região Metropolitana e Litoral Norte do Estado. Agora desarticulada, a organização criminosa da qual eles faziam parte está envolvida em casos de extorsão mediante sequestro, roubo a agência lotérica e tentativa de homicídio contra policiais civis, dentre outras acusações.

Participaram da força-tarefa cerca de 80 agentes. Eles cumpriram 26 ordens judiciais, incluindo 11 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão em Porto Alegre, Canoas, Esteio, Alvorada, Novo Hamburgo e Tramandaí. Também foram apreendidos veículos.

Conforme o delegado João Paulo de Abreu, a ação é uma continuidade das investigações sobre a autoria, materialidade e circunstâncias de um crime de extorsão mediante sequestro realizado em 2018 na cidade de Tapes. As vítimas foram um funcionário de instituição bancária e seus familiares. O grupo também é investigado por roubo a uma lotérica em Esteio, seguido de tentativa de homicídio contra policiais que atendiam a ocorrência.

“A investigação desenvolvida pela 1ª Delegacia de Roubos do Deic, ao longo de mais de sete meses, conseguiu evitar diversos crimes patrimoniais, prender em flagrante parte do grupo criminoso e, especialmente, produzir robusta prova sobre cada um dos membros da organização criminosa”, frisou Abreu.

“Durante o período das investigações, a organização criminosa praticou uma séria de delitos patrimoniais e chegou a planejar outros sequestros ou roubos a bancos no Estado, mas os ataques foram impedidos”, prosseguiu o titular do Deic. “Outros fatos foram descobertos e tiveram a sua autoria estabelecida, visto que, pontualmente, alguns membros do bando se associaram a terceiros para cometerem novos delitos.”

A ação dessa quinta-feira contou com o apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa e do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico.

Sequestro

O incidente ocorreu no início da noite de 5 de dezembro do ano passado na cidade de Tapes, sendo que a libertação da vítima – uma mulher – ocorreu na manhã seguinte em Novo Hamburgo, após a entrega de resgate obtido com dinheiro da instituição bancária. Durante a madrugada, a bancária passou por momentos de terror, sob ameaças de morte com arma-de-fogo em um cativeiro no bairro Canudos.

Investigações do Deic também possibilitaram a captura em flagrante três homens que tentavam arrombar um banco na avenida Assis Brasil, na Zona Norte de Porto Alegre, no dia 9 de março deste ano. O trio já havia quebrado uma parede e construído um túnel, a partir de um imóvel anexo, a fim chegar até um cofre atrás dos caixas eletrônicos.

Lotérica

Em 14 de abril de 2019, uma ação operacional foi desencadeada pela Polícia Civil, na cidade de Esteio, a fim de evitar a consumação de um assalto a uma casa lotérica. Os agentes haviam recebido a informação do crime prestes a ocorrer, mas não tinham certeza do local e horário.

O ataque acabou se consumando em uma empresa do segmento, localizada na avenida 24 de agosto, e policiais perseguiram a quadrilha, que havia fugido em um veículo Ecosport roubado. Durante a perseguição, nas imediações da Avenida Padre Claret, os indivíduos atiraram contra os agentes próximo a uma escola.

(Marcello Campos)

Deixe seu comentário: