Últimas Notícias > Notícias > Brasil > PSL traça estratégia para travar a criação do partido de Bolsonaro

Saiba o resultado do julgamento do Caso Bernardo

Julgamento durou cinco dias. (Foto: Reprodução/TJRS)

A juíza Sucilene Engler deferiu às 18h59min desta sexta-feira (15) a sentença do julgamento do assassinato de Bernardo Boldrini, morto em 4 de abril de 2014, em Frederico Westphalen (Três Passos). Os réus Leandro Boldrini, Graciele Ugulini, Edelvânia Wirganovicz e Evandro Wirganowicz foram condenados. Veja as penas:

  • Leandro Boldrini (33 anos e 8 meses) – homicídio quadruplamente qualificado (motivo torpe mediante paga promessa de recompensa; motivo fútil e emprego de veneno mediante dissimulação) contra vítima menor de 14 anos, ocultação de cadáver, agravada por motivo torpe e falsidade ideológica, agravada por motivo torpe;
  • Graciele Ugulini (34 anos e 7 meses) – homicídio quadruplamente qualificado (motivo torpe mediante paga promessa de recompensa; motivo fútil, emprego de veneno e dissimulação) contra vítima menor de 14 anos e ocultação de cadáver triplamente qualificada;
  • Edelvânia Wirganovicz (23 anos) – homicídio triplamente qualificado (mediante paga promessa de recompensa, emprego de veneno e dissimulação) contra vítima menor de 14 anos e ocultação de cadáver triplamente qualificada
  • Evandro Wirganovicz (9 anos e 6 meses em regime semiaberto) – homicídio duplamente qualificado (emprego de veneno e dissimulação) condenado na forma simples de delito contra vítima menor de 14 anos e ocultação de cadáver triplamente qualificada.