Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > 18º Festival de Cinema Estudantil de Guaíba começa nesta segunda-feira

Usuários têm dificuldade para acessar o Facebook, o WhatsApp e o Instagram na América e na Europa

A maior parte das queixas sobre os aplicativos veio da Europa, em especial Reino Unido e Suíça. (Foto: Reprodução)

Usuários do Facebook, do Instagram e do WhatsApp relataram instabilidade ao tentar acessar as redes nesta quarta-feira (13).

Segundo o site Downdetector, que reúne informações fornecidas por usuários sobre instabilidade em serviços da internet, as queixas se concentraram em grandes cidades das Américas e da Europa e começaram a partir das 13h.

O site Outage.Report também registrou problemas no envio de mensagens no WhatsApp, com pico por volta das 18h.

A maior parte das queixas veio da Europa, em especial Reino Unido e Suíça.

A reportagem também ouviu reclamações de pessoas no Brasil que sofreram com instabilidade para enviar e receber mensagens durante a tarde.

Às 19h, a queda do Facebook era o assunto mais comentado no Twitter em todo o mundo. Os problemas do Instagram apareciam na terceira posição.

Via assessoria de imprensa, o Facebook disse estar ciente de que algumas pessoas estavam com dificuldade para acessar sua família de aplicativos.

A empresa afirmou estar trabalhando para resolver a questão o mais rápido possível.

No Downdetector, as reclamações sobre o Facebook passaram de 284 para mais de 11 mil; as do Instagram saltaram de 133 para cerca de 15,5 mil.

No Brasil, os relatos se concentraram em São Paulo. Houve picos também em Nova York (Estados Unidos), Cidade do México (México), Buenos Aires (Argentina), Bogotá (Colômbia) e Londres (Inglaterra).

Já as reclamações sobre o Instagram foram fortes em São Paulo e no Rio de Janeiro, além de Nova York e Los Angeles (EUA), Vancouver (Canadá), Lisboa (Portugal), Madri (Espanha), Paris (França) e Londres (Inglaterra).

Fake news

Circula na web uma mensagem que diz que o Facebook, o Instagram e o WhatsApp foram bloqueados para publicação de fotos, vídeos e áudios por conta da repercussão da tragédia em Suzano, em São Paulo. Além disso, o texto diz que os apps permanecerão assim por tempo indeterminado.

Não houve nenhum bloqueio. Segundo o Facebook, uma “instabilidade temporária” ocorreu em toda a família de aplicativos. Ainda assim, nem todos os usuários foram afetados.

Também não há qualquer relação com o ataque ocorrido na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande SP. Prova disso é que o problema com os aplicativos não se restringiu ao Brasil. Houve relatos em vários países ao redor do mundo.

“Isso não é verdade. O Facebook está enfrentando questões técnicas em diversas partes do mundo, e estamos trabalhando para normalizar o acesso aos nossos serviços o mais rápido possível”, afirma, em nota, um porta-voz do Facebook.