Últimas Notícias > | > A Rádio Liberdade, da Rede Pampa, dá início as transmissões ao vivo, direto da Expointer, em Esteio

Vale fecha acordo para familiares de funcionários mortos em Brumadinho

Ainda há desaparecidos na tragédia que aconteceu em janeiro deste ano. (Foto: REUTERS/Washington Alves/ Divulgação/ Agência Brasil)

O Ministério Público do Trabalho e a empresa Vale assinaram, nesta segunda-feira (15), um acordo de reparação de danos morais e materiais. O texto diz respeito ao rompimento da barragem de Córrego do Feijão, em Brumadinho, que ocorreu em janeiro deste ano e deixou 248 vítimas fatais e 22 desaparecidos.

Com o acordo, cônjuge ou companheiro, filho, mãe e pai de funcionários da Vale que morreram na tragédia devem receber individualmente R$ 700 mil, divididos entre dano moral e seguro adicional por acidente de trabalho. Já os irmãos de trabalhadores falecidos devem receber R$ 150 mil por dano moral.

Ainda de acordo com o MPT, o dano moral coletivo será reparado com o pagamento de R$ 400 milhões, que deve ser realizado no dia 6 de agosto deste ano. Como indenização por dano material, as famílias dependentes do trabalhadores mortos devem receber pensão mensal vitalícia até os 75 anos de idade. O atendimento psicológico, médico, psiquiátrico pós-traumático também serão disponibilizados aos familiares.

Deixe seu comentário: