Últimas Notícias > Notícias > Brasil > “Ideia de Macron de internacionalizar Amazônia é absurda”, afirma Dilma

Veja principais dicas do Procon de Porto Alegre para compras do Dia dos Pais

Consumidores devem conhecer os seus direitos e manter "os pés no chão". (Foto: Agência Brasil)

Como em qualquer outra data temática, é fundamental “manter os pés no chão” ao escolher o presente para o Dia dos Pais, que será celebrado neste domingo. Conforme o Procon de Porto Alegre, isso inclui pesquisar preços em diferentes estabelecimentos, aproveitar promoções e evitar compras por impulso.

A diretora-executiva do órgão municipal, Fernanda Borges, acrescenta: “É prudente planejar os gastos e priorizar o pagamento à vista. Isso garante comemorações mais prazerosas e maior tranquilidade na gestão das finanças”.

Outra dica é apelar para a criatividade, afinal nem sempre o “mimo” precisa ser um produto dentro de uma embalagem. A lembrança pode ser uma refeição especial, um passeio ou algum artigo confeccionado de forma artesanal, inclusive em casa. Mas se a opção for mesmo pela aquisição no comércio, veja a seguir as principais orientações ao consumidor.

Produtos eletrônicos

Esse tipo de item deve estar lacrado na embalagem original, junto com o manual de instrução, termo de garantia e lista de estabelecimentos autorizados para eventual assistência técnica. Também se recomenda fazer o teste na hora da compra.

Telefones celulares

Nesse caso, é preciso tomar cuidado com aparelhos vinculados a planos de telefonia. Normalmente, as operadoras estabelecem prazos de fidelização para garantir esse tipo de transação. O período máximo, porém, não pode ultrapassar 12 meses.

Compras na internet

Quem opta pela compra em sites deve verificar se a loja virtual é confiável e se tem um endereço eletrônico com ambiente seguro. Dê preferência àqueles que apresentam na barra superior de endereço o desenho de um pequeno cadeado.

Troca de produto

É importante se certificar de que as condições de devolução são claras. Se possível, devem constem por escrito na nota fiscal ou na etiqueta. “O consumidor não tem o direito de se arrepender da compra presencial”, alerta o Procon. “A troca pode ser efetuada somente em caso de defeito. Já na internet, o consumidor pode fazer a devolução em até sete dias após o recebimento.”

(Marcello Campos)

Deixe seu comentário: