Últimas Notícias > Colunistas > Fatos históricos do dia 22 de março

Veja frases de famosos que deram o que falar no ano de 2018

Silvio Santos comemorou, em 2018, 60 anos como apresentador de TV. (Foto: Lourival Ribeiro/SBT)

O ano de 2018 foi repleto de declarações marcantes – não seria diferente em um ano de eleição e Copa do Mundo. Das mais inofensivas e divertidas àquelas que renderam processos judiciais e perda de patrocínio, de atores, músicos e youtubers. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Feminismo e direito das mulheres

Um desses casos polêmicos envolve o sertanejo Eduardo Costa, que comentou um vídeo de Fernanda Lima em que ela falava sobre feminismo e direito das mulheres, durante o programa Amor e Sexo. O músico xingou a apresentadora de imbecil e acrescentou que os brasileiros sabotariam o sucesso dela.

“Ela pode ter certeza de uma coisa, a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta pro lado mais fraco e o lado mais fraco hoje é o que ela está. Será que a senhora só faz programa para bandido, pra maconheiro, pra esquerdista derrotado, e pro esses projetos [sic] de artistas como ela?”, escreveu Eduardo Costa.

Em resposta, Fernanda Lima processou o sertanejo. Na noite do último dia 14, Fernanda publicou em seu perfil no Instagram alguns esclarecimentos acerca do processo que move contra o músico após ser xingada de “imbecil” por Eduardo.

“Depois de ser difamada, agredida e ameaçada por ele através de um post indignado, procurei orientação jurídica a fim de proteger a mim e a minha família. Fui orientada a processá-lo, pois dessa forma inibiria agressões futura. E assim o fiz”, escreveu Fernanda.

“Após eu autorizar o processo, o Sr. Eduardo Costa pediu desculpas através de outros programas a que foi convidado, deixando claro que não se arrepende do que disse e sim da forma como disse”, afirmou, referindo-se às desculpas públicas oferecidas por Eduardo em alguns programas de TV.

“Um pedido de desculpa verdadeiro pode até ser louvável, mas ele não repara o mal que fez à vítima”, escreveu a apresentadora. “Faz parte do machismo estrutural transformar a vítima em ré. Era justamente esse o assunto do programa Amor & Sexo, que tanto indignou o meu agressor”, disse.

Racismo

Outro comentário que acabou em processo foi o do youtuber Júlio Cocielo, que fez um tuíte durante um jogo da França na Copa do Mundo. “Mbappé conseguiria fazer uns arrastão top na praia (sic)”, escreveu ele na época, falando do jogador francês. Segundo Cocielo, o comentário se referia à velocidade de Mbappé, não à sua cor de pele. O Ministério Público de São Paulo entrou com uma ação civil pública contra ele, acusando-o de racismo.

Cantora constrangida

E como deixar passar a fala de Silvio Santos para Claudia Leitte, ao vivo, durante o Teleton. “Esse negócio de ficar dando abraço me excita e eu não gosto de ficar excitado.” A afirmação deixou a cantora constrangida e criou um movimento nas redes sociais para que Silvio se desculpasse e assumisse seu erro.

Fofura nas redes sociais

Mas não foram só as frases pejorativas que marcaram 2018. Ivete Sangalo, que deu à luz Mariana e Helena no sábado de Carnaval este ano, encheu as redes sociais de fofura. “Quando a gente sai do Open Bar da nossa mãe. Depois do Peitão, denguinho sem fim”, escreveu a cantora em uma foto que aparece amamentando as novas integrantes da família.

Deixe seu comentário: