Últimas Notícias > Notícias > Brasil > A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, aprovou remédio genérico para o tratamento do câncer de próstata

O apresentador William Waak foi afastado do Jornal da Globo após um vídeo com comentário racista ser divulgado na internet

Emissora emitiu um comunicado após o vídeo viralizar na internet. (Foto: Reprodução)

A TV Globo informou, na noite de quarta-feira (08), que o jornalista William Waack será afastado do Jornal da Globo. A decisão foi tomada depois do vazamento de um vídeo que mostra os bastidores de uma cobertura do telejornal. Nas imagens, Waack está em Washington, nos Estados Unidos, e reclama de um motorista que passa buzinando.

“Tá buzinando por que, seu merda do cacete?”, fala o apresentador. Ele diz então para o convidado que está ao seu lado: “Não vou nem falar, eu sei quem é…” Depois, ele se vira para o convidado e declara, com o som já mais baixo: “Preto, né? É coisa de preto com certeza”.

A TV Globo afirmou, em nota, que a princípio o jornalista está afastado até que “a situação esteja esclarecida” e que vai discutir as implicações a longo prazo. Diz ainda que é “visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações”.

O próprio Waack ainda não veio a público para comentar o caso, mas segundo a nota da emissora ele “afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza”, mas pede desculpas a quem se sentiu ofendido.

Confira abaixo a nota da emissora:

“A Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida. Nele, minutos antes de ir ao ar ao vivo durante a cobertura das eleições americanas do ano passado, alguém na rua dispara a buzina e, Waack, contrariado, faz comentários, ao que tudo indica, de cunho racista. Waack afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza, mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação. William Waack é um dos mais respeitados profissionais brasileiros, com um extenso currículo de serviços ao jornalismo. A Globo iniciará conversas com ele para decidir como se desenrolarão os próximos passos.”

Deixe seu comentário: