Últimas Notícias > Capa – Você viu > Disparada do Dólar pode impulsionar vendas no Brasil

Wine South America: falta um mês para brindar a maior feira de vinhos da América Latina

Mais de 250 marcas expositoras de 10 países estarão reunidas, de 25 a 27 de setembro, na Serra Gaúcha. Expectativa é que o evento gere R$ 10 milhões em negócios. (Créditos: Auguto Tomasi)

Há um mês da abertura, a Wine South America – Feira Internacional do Vinho brinda a comercialização de 98% dos espaços e a confirmação de mais de 250 marcas expositoras de 10 países. Ainda mais representativa, a segunda edição do maior evento profissional do setor vitivinícola na América Latina promete superar o sucesso da “safra” anterior. Em 10 mil metros quadrados, serão apresentados no Parque de Eventos de Bento Gonçalves (Fundaparque), na Serra Gaúcha, lançamentos em tintos, brancos, rosés e espumantes do Velho e Novo Mundo (Áustria, Espanha, Itália, Portugal, França, África do Sul, Argentina, Brasil, Chile e Uruguai).

Mais de 6 mil visitantes são esperados nos três dias da Wine South America, entre varejistas, atacadistas, importadores, distribuidores, enófilos e demais profissionais do setor vitivinícola. A expectativa é que a feira auxilie na prospecção de cerca de R$ 10 milhões em negócios, nos 12 meses seguintes à realização.

“Historicamente, setembro é bom para as comercializações. É a época em que compradores começam a pensar nos produtos para as vendas de final de ano. A realização da feira neste período acaba sendo uma vitrine, onde eles podem conferir os portfólios e acessar os lançamentos, o que gera novas oportunidades de negócios e aumentam as vendas dos vinhos brasileiros”, projeta Deunir Argenta, presidente da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra).

A Wine South America já se consolida como a principal feira profissional de vinhos da América Latina por reunir os principais players do Brasil e do Exterior. Além de contatos comerciais, a feira contará com uma grade de conteúdos, como masterclasses, degustações temáticas e mesas redondas, para que os compradores possam ampliar seus conhecimentos. No dia 25 de setembro, o evento também será palco de duas premiações: 10 Star Wines – Wine South America Awards e Melhores Sucos do Brasil.

Outros setores têm destaque no evento. O Azeite Experience – Salão Internacional do Azeite, vai apresentar as últimas novidades do setor de olivicultura, e o Spirits Brasil – Salão de Cachaça e Destilados, será uma importante vitrine para o mercado de bebidas destiladas e cachaças.

Marcas expositoras

A participação de vinícolas brasileiras será mais expressiva neste ano, atraindo produtores dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Bahia, principais polos vitivinícolas do Brasil. As 150 marcas verde-amarelas irão demonstrar toda a qualidade e diversidade do setor brasileiro, reconhecido por mais de 4 mil premiações já conquistadas no Exterior. Entre os lançamentos, destaque para a apresentação de rótulos da safra 2018, considerada uma das melhores da década.

“O Brasil é o quinto maior produtor de vinhos do Hemisfério Sul e o 13º do mundo. Os nossos produtos são exportados para 59 países em cinco continentes. O potencial é muito favorável. A feira tem um papel importante na aproximação dos clientes (compradores) com as vinícolas dentro do nosso próprio território”, salienta o presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Oscar Ló.

O dirigente lembra, ainda, que por ser realizada na Serra Gaúcha, principal região vitivinícola do país, a Wine South America incentiva o turismo de experiência, além de propiciar que os compradores visitem e conheçam de perto os processos de elaboração de algumas bebidas expostas no evento.

A adesão de produtores internacionais também é recorde, em razão de o Brasil ser o maior país da América do Sul e com o maior potencial de consumo do continente. Além do Brasil, outros nove países estão confirmados no evento, com destaque para os espaços da Argentina, por meio do Wines of Argentina, do Uruguai, representado pelo Uruguay Wines, e do Chile, reforçando o posicionamento da Wine South America como o maior evento profissional do setor no continente latino-americano e principal plataforma de relacionamento entre o mundo do vinho e a América do Sul. Também estão confirmadas as participações de expositores vindos da África do Sul, Áustria, Espanha, França, Itália e Portugal.

“O Brasil é o nosso quarto mercado em importância para a exportação de vinho fracionado em garrafa. A Wine South America terá um papel importante para nos fazer chegar a uma maior quantidade de estados brasileiros, ampliando para além das principais cidades do país”, afirma Carolina Tonnelier, gerente de área para o Brasil e América Latina do Wines of Argentina.

“Em 2017 e 2018, o Uruguai registrou um crescimento de mais de 30% nas exportações para o Brasil em relação a 2015 e 2016, reforçando o país como principal destino das exportações de rótulos uruguaios. Nesse contexto de bons resultados, a nova participação na Wine South America vai ser muito importante para potencializar as relações comerciais com trade e consumidores brasileiros, além dos compradores internacionais que terão presença no evento”, aposta Martín López, gerente do Uruguay Wine, do Instituto Nacional de Vitivinicultura do Urugai (Inavi).

Rodadas de Negócios

As bem-sucedidas Rodadas de Negócios iniciadas no ano passado serão ampliadas em 2019, com a participação de compradores nacionais e internacionais. Viabilizado por meio de parceria da Milanez & Milaneze/Veronafiere com o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o Projeto Comprador trará à Wine South America representantes do trade de todos os estados brasileiros e de países como Bélgica, Chile, China, Colômbia, Estados Unidos, Irlanda, Paraguai, Polônia, Reino Unido e Rússia. Na edição anterior, a iniciativa teve como resultado a prospecção de R$ 6 milhões em negócios.

Conhecimento

A 2ª edição da Wine South America também será marcada por conteúdos de qualidade e parcerias com alguns dos principais nomes do segmento no Brasil. O grande destaque dessa edição será a área Wine Conference. No dia 26, por exemplo, haverá uma mesa redonda sobre o futuro do e-commerce de vinhos no Brasil: Desafios, oportunidades e crescimento de mercado, com palestras ministradas pelos profissionais Rogério Salume (Founder & Chairman da Wine.com.br) e Ari Gorenstein (CEO da Evino.com.br), e mediação do gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini. Também será apresentado um panorama do primeiro semestre de 2019 das importações, exportações e mercado brasileiro, com o consultor Felipe Galtaroça (Ideal Consulting).

Principal atração da edição anterior, o Master of Wine britânico Alistair Cooper está de volta para apresentar, no dia 25, no espaço Wine Tasting a masterclass interativa com a sua seleção de melhores vinhos e espumantes brasileiros. No mesmo ambiente, serão promovidas, ainda, diversas degustações orientadas de vinhos em parceria com a seccional gaúcha da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-RS) e masterclasses sobre vinhos ícones da Argentina, Áustria, França, Itália, Portugal e Uruguai.

Deixe seu comentário: