Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Britânicos protestam em Londres para exigir um novo referendo sobre o Brexit

XXII Marcha dos Prefeitos terá Jair Bolsonaro na abertura

Presidente da CNM, Glademir Aroldi, abre a Marcha dos Prefeitos na próxima semana. Foto: Divulgação

O presidente da Confederação Nacional dos Municípios, o gaúcho Glademir Aroldi, coordena os detalhes finais da XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. Segundo ele, esta edição será marcada pelo encontro dos municipalistas brasileiros com o novo Governo Federal e Congresso Nacional eleitos para o período 2019/2022. “Por isso o encontro foi agendado para coincidir com os 100 dias de vigência dessa nova gestão, de forma ao mesmo já ter tomado conhecimento de nossas pautas e se preparado para anunciar os rumos da administração de forma que possamos conectar as políticas públicas municipais com as novas diretrizes federais”, explica Aroldi. Na abertura, ele tem confirmadas as presenças de Jair Bolsonaro, presidente da República, Davi Alcolumbre, presidente do Senado Federal, Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados e Dias Toffolli, presidente do STF, dentre outras autoridades. A Marcha começa na próxima terça-feira, dia 9, e se encerra na quinta-feira, dia 11.

PDT escolhe o presidente da Famurs

Três prefeitos do PDT disputam a eleição interna para escolha do próximo presidente da Famurs,a Federação das Associações de Municipios do RS. Pelo acordo de rodízio,caberá ao PDT indicar o próximo dirigente da entidade, Dudu Freire,de Palmeira das Missões, Alcenir Dalmago, do municipio de Gentil, e Giovani Amestoy , de Caçapava do Sul estão em campanha junto aos prefeitos e vices do partido. Por enquanto,não há favoritos.

Decisão do Confaz mantém competitividade do agronegócio

Foi uma vitória pra o agronegócio gaúcho e brasileiro a decisão de ontem, do Conselho Nacional de Política Fazendária, que prorrogou para o dia 30 de abril de 2020 o Convênio 100/97, que trata da isenção de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços sobre o transporte de insumos agrícolas dentro dos Estados e dá desconto quando a movimentação é interestadual. Assegurada a competitividade do setor, o resultado ocorre no custo final da produção.

Delação de Cabral cita ministros do STJ e do TCU

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB) disse que foi “achacado” por deputados federais e senadores, além de feito “tratos” com ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e TCU (Tribunal de Contas da União).

Nepotismo cruzado: o que é?

Apenas para lembrar: a súmula vinculante n° 13 do STF veda as chamadas “designações recíprocas”, o popular nepotismo cruzado. Ocorre quando há uma troca de favores entre gestores, cada um nomeando o recomendado do outro para despistar o nepotismo.Quando a nomeação para cargos de confiança ocorre nos mesmos moldes, em órgãos ou poderes diferentes, como Legislativo, Judiciário e Executivo, ou Ministério Publico, ocorre o chamado “nepotismo trocado”.