Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Cloudy

Literatura A educadora Magda Soares concorre ao livro de Não Ficção do ano do Prêmio Jabuti

Compartilhe esta notícia:

Aos 85 anos e em plena atividade, a autora celebra por meio do novo livro décadas de reflexão e prática de sala de aula. (Foto: Reprodução)

Reconhecida como uma das maiores autoridades sobre alfabetização no Brasil, Magda Soares concorre ao livro de Não Ficção 2017 do Prêmio Jabuti. A obra “Alfabetização: A Questão de Métodos” já é vencedora na categoria ‘Educação e Pedagogia’ e agora disputa com outros 14 livros o primeiro lugar, na categoria ‘Não Ficção’, na principal competição de livros do País.

Aos 85 anos e em plena atividade, a autora celebra por meio do novo livro décadas de reflexão e prática de sala de aula, levando em consideração o caráter multifacetado da alfabetização. Questões como a forma e o tempo de alfabetização ainda permeiam a construção de modelos de ensino, bem como de suas controvérsias. A persistência em se debruçar sobre os métodos de alfabetização fazem da educadora uma das principais especialistas sobre o tema.

“Mais do que alfabetizadora e educadora, Magda é militante e defensora ferrenha da educação há mais de seis décadas. Ela respira escola e o ensino de qualidade e acessível para todos”, afirma Jaime Pinsky, historiador e fundador da Editora Contexo.

Além de décadas de pesquisa, Magda faz questão de se manter próxima da sala de aula. Defensora de que os alfabetizadores precisam conhecer os caminhos da criança para orientar seus próprios passos e os passos da criança, a educadora acredita que apenas desta forma é possível alfabetizar com método.

A autora lembra ainda que o trabalho de alfabetização não envolve somente método, e que, inserido no campo da educação escolar, a aprendizagem inicial da língua escrita sofre a influência de fatores sociais, culturais, econômicos e políticos.

Além de décadas de pesquisa, Magda faz questão de se manter próxima à realidade das salas de aula. Ela defende que os alfabetizadores precisam conhecer os caminhos da criança para orientar seus próprios passos e o percurso dos alunos. Só assim é possível alfabetizar com método.

Autora

Magda Soares é professora titular emérita da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pesquisadora do Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita.

Graduada em Letras, doutora e livre-docente em Educação, dedicou sua vida universitária a leituras, pesquisas, docência e publicações sobre o ensino para crianças.

Vem atuando como voluntária na rede pública mineira, desenvolvendo ao lado de gestores e professores um projeto de alfabetização e letramento na educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental. É autora dos livros Alfabetização e Letramento e Linguagem e Escola, ambos publicados pela Editora Contexto.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Literatura

Associação Chico Lisboa apresenta a exposição 20 x 20 2017
Estreou no cinema “Assassinato no Expresso Oriente”. Saiba o que muda entre dois filmes e um livro só
Deixe seu comentário
Pode te interessar