Últimas Notícias > Atividades Empresariais > SEBRAE-RS promove palestra online que mostra os caminhos para excelência em atendimento e serviços, ao estilo Disney

Conta de luz dos brasileiros não terá cobrança de taxa extra em abril

Entre as mudanças, texto prevê que cidadão que consumir até 50 kWh terá 70% de desconto. (Foto: Agência Brasil)

A conta de luz dos brasileiros seguirá sem cobrança de taxa extra em abril. Será o quinto mês seguido de vigência da bandeira verde, que não adiciona a taxa extra à conta. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (29) pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

O sistema tarifário aumenta a conta de luz em momentos de escassez de energia, quando podem ser acionadas bandeiras amarela, vermelha 1 (rosa) ou vermelha 2.

Pouca chuva, conta mais cara

Quando há pouca chuva, o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas cai, o que diminui a produção de energia. Para compensar essa queda, o governo manda acionar usinas termelétricas, que são mais caras. Isso acontece no país desde 2013. Da mesma forma, quando há mais chuvas o governo desliga as termelétricas, e o custo da geração de energia cai.

Para não ter de arcar com esses custos sozinho, o governo criou o sistema de bandeiras tarifárias, uma cobrança extra na conta de luz para bancar o funcionamento das termelétricas. O sistema começou a valer em janeiro de 2015.

A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde). Quando chove menos, por exemplo, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país. Nesse caso, a bandeira fica amarela ou vermelha, de acordo com o custo de operação das termelétricas acionadas

Apesar do modelo de bandeiras tarifárias, a Aneel pede que os consumidores façam o uso eficiente de energia elétrica e combatam os desperdícios em qualquer época do ano.

Projeção de chuva

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) projetou chuvas em 87% da média histórica na área dos reservatórios das hidrelétricas do Sudeste em abril, conforme relatório semanal divulgado nesta sexta-feira. Para o Sul, a expectativa é de precipitações em 79% da média, enquanto no Nordeste é de 55%.

Quanto à carga de energia no Sistema Nacional, o ONS projetou um aumento de 1,8% em abril na comparação com igual mês de 2018.

“A previsão hidrológica projetada para o mês ainda indica a tendência verificada em março, de recuperação do nível dos reservatórios. Essa conjuntura favorável aponta para a manutenção da produção hidrelétrica e do nível de risco hidrológico em patamares condizentes com o perfil de bandeira verde”, afirmou a Aneel em nota

Deixe seu comentário: