Home > Notícias > Brasil > Prévia da inflação oficial do País registra a menor taxa acumulada em 12 meses desde 2007

Apesar da superioridade, Grêmio fica no empate com o Brasil-PE

Ramiro comemora o gol do Tricolor. A partida terminou empatada em 1 a 1. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

O Grêmio entrou em campo na noite desta quarta-feira, no Bento Freitas, para enfrentar o Brasil de Pelotas, em jogo válido pela 7ª rodada do Campeonato Gaúcho. Apesar da superioridade em campo, ficou no empate em 1 a 1.

O Tricolor teve um bom desempenho na primeira etapa, mantendo um maior controle do jogo e levando perigo por diversas vezes ao campo de defesa adversário.

Ramiro abriu o marcador aos 22 minutos. Após receber passe de Miller Bolaños, o camisa 17 arriscou de dentro da área; a bola explodiu na marcação e voltou para os pés do volante, que chutou a gol. A bola desviou em Cirilo e morreu no fundo do gol.

Já o Brasil-PE conseguiu descontar com o gol de Gustavo Papa, de cabeça, aos 32 minutos de jogo, em um momento de desatenção Tricolor.

Na etapa complementar, os dois times fizeram uma partida mais equilibrada. Mesmo assim, a partir da metade do segundo tempo, a superioridade foi gremista. O Grêmio se manteve no ataque, criou oportunidades, colocando a bola na trave, além de obrigar o goleiro xavante a operar milagres.

Ficha técnica

Brasil-PE: Martini; Wender, Cirilo, Leandro Camilo e Marlon; Galiardo, João Afonso, Nem e Márcio; Lenílson (Éder Sciola) e Gustavo Papa. Técnico: Renato Zimermann.

Grêmio: Léo; Léo Moura, Kannemann, Thyere e Marcelo Oliveira; Jaílson (Fernandinho), Michel, Ramiro, Miller Bolaños e Pedro Rocha (Lucas Barrios); Luan (Everton). Técnico: Renato Portaluppi.

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas.

Arbitragem: Anderson Daronco, auxiliado por Fabrício Lima Bassegio e Mateus Olivério Rocha.

Cartões amarelos: Cirilo, Wender (BRA); Bolaños (GRE).

Gols: Ramiro, aos 22 minutos do primeiro tempo (GRE); Gustavo Papa, aos 32 minutos do primeiro tempo (BRA).

Comentários