Home > CAPA – Destaques > Em mais uma ótima atuação, o Grêmio vence o Coritiba por 2 a 0 na Arena pelo Campeonato Brasileiro

Colégio Farroupilha completa 130 anos sem se afastar de seu foco: a excelência do ensino

Fernando Carlos Becker, presidente da Associação Beneficente e Educacional de 1858, mantenedora do Colégio Farroupilha. Ao seu lado, a diretora pedagógica da instituição, Marícia Ferri (Foto: Jackson Ciceri/O Sul)

O Colégio Farroupilha é sinônimo de tradição em Porto Alegre, centrado na permanente busca pela excelência. Um objetivo que se renova a cada dia. Ao completar 130 anos de atividades, celebrados na manhã desta segunda-feira (21), a instituição tem muito a comemorar, principalmente os passos traçados até aqui, ao lado de sua mantenedora, a Associação Beneficente e Educacional de 1858, que completa 158 anos, presidida por Fernando Carlos Becker.

Diferenciais competitivos não faltam nesta história secular. Neste ano de 2016, o Colégio exibe números invejáveis. São 4% de acréscimo no número de matrículas sobre o ano anterior, mesmo diante de um cenário econômico em crise. Ao todo são 2.800 alunos. Destes, 2.450 estão na sede, localizada no bairro Três Figueiras e o restante, 350, pertencem à unidade sediada na Rua Corrêa Lima (bairro Santa Teresa), todos bolsistas, mas recebendo a mesma proposta pedagógica. Os investimentos da mantenedora na instituição também são significativos. Foram aplicados recentemente 15 milhões de reais em infraestrutura. A unidade da Corrêa Lima, por exemplo, ganhou nova pracinha, reforma em banheiros, sala multiuso, entre outros itens.

“Nosso planejamento estratégico baliza todas as ações”, diz a diretora pedagógica do Colégio Farroupilha, Marícia Ferri, que reitera: “trilhamos a busca pela excelência do ensino”. Ela enfatiza a proposta educacional, com um currículo bilíngue, desde a educação infantil. Os intercâmbios representam outro diferencial, com mercados de acesso aos alunos como Alemanha, Canadá e Estados Unidos. “É um programa que visa um olhar para o mundo”, afirma a diretora. A ideia é propiciar aos alunos a opção de estudo no exterior em um destes países, ofertando experiência para estudantes do ensino médio, com foco na inserção no mercado de trabalho.

O Farroupilha também é a única instituição de educação básica no Brasil que atua como um centro autorizado aberto dos exames de Cambridge English Language Assesment (party of University of Cambridge). Com isso, o Colégio fica apto a aplicar em todo o País, em empresas, órgãos governamentais e em indivíduos, as provas de Cambridge, “que comprovam internacionalmente o nível de proficiência adquirido na língua inglesa”, como menciona a gerente do centro dos exames da Universidade de Cambridge, Luciane Calcara.  No RS a instituições parceiras para aplicação das provas de Cambridges estão localizadasnas cidades de Canoas, Pelotas, Ivoti, Santana do Livramento, Soledade e Santa Maria. O acordo entre Cambridge e o Colégio Farroupilha foi firmado em 2010. Ela exemplifica a procura pela certificação. Em 2010, no nível 4, foram certificados 66 alunos. Já em 2014 chegou a 218. Os números crescem também em outros níveis. “No nível 5, foram 5 alunos em 2010 e 114 em 2014. No nível 6, não houve procura em 2010 mas em 2014 foram 42”. Tudo isto demonstra a abrangência desta parceria, que impõe qualificação e consolida o comprometimento da instituição com seus objetivos ao longo de sua trajetória.

O presidente da mantenedora, Fernando Carlos Becker, lembra que antigamente as escolas preparavam para uma fluência em português e na língua alemã. “Agora, o inglês é a língua universal e estamos dando peso neste item para que os alunos siam daqui com um certificado reconhecido no mundo todo”. A prática esportiva também ganha relevância no contexto da educação.

Durante a celebração da data, alunos da educação infantil fizeram uma apresentação aos pais, e corpo docente, também foi apresentado o novo logo da instituição, criado por um dos alunos.

Comentários